O que eu achei da África do Sul: é melhor do que eu sonhava

O que eu achei da África do Sul: é melhor do que eu sonhava

A África do Sul estava entre os meus destinos mais desejados. Por isso quando eu decidi a viagem, me planejei para que tivesse tempo suficiente para curtir o país: foram 25 dias e mesmo assim foi pouco. Como disse uma amiga minha que já foi pra lá várias vezes: a África do Sul parece infinita.

Bom, a primeira coisa que eu tenho que alertar é para não confundir África do Sul com África. África é o continente e África do Sul é o país. Dito isso, queria contar que a África do Sul é mais desenvolvida do que eu imaginava. Diria até que eles estão um passo a frente do Brasil (achismo puro, tá? Não tenho números para provar. Mas foi a essa a impressão que me deu percorrendo o país). Muitas casas lindas, sem portão. Cidades desenvolvidas e aconchegantes. Organização e segurança como a que eu não vejo pelo Brasil. A taxa de desemprego de 30% é mais alta do que a do nosso país, mas alguém me explica como lá parece ser menos violento do que aqui?

Cape Town é apaixonante. A geografia lembra o Rio, mas é mais organizado, seguro e limpo. Aliás, as pessoas mais lindas que eu já vi na vida estão lá, homens e mulheres.

cape town africa do sul amanda viaja

Mas não dá pra negar que rola uma desigualdade social grande no país. Muitos negros servindo brancos. No Brasil temos o mesmo problema, mas com uma mistura racial maior. Lá é bem visível e impossível não reparar. O Apartheid ainda é recente, acabou em 1996 e acho que ainda estão caminhando para uma igualdade racial de verdade. Eu tenho um sonho: de que um dia não haverá diferença nenhuma.

Joanesburgo é uma cidade bem interessante. Muita gente deixa ela de lado, mas acho tão importante para entender melhor a história do país… É lá que fica o Museu do Apartheid e o Constitution Hill que merecem uma visita (guiada, de preferência). Aproveite que os voos chegam por lá e reserve um tempo para conhecer a cidade e esses lugares antes de sair explorando o país sem saber direito o que aconteceu por ali.

Africa do Sul Amanda Viaja

Aliás, o que eu achei legal de ter rodado pelo país foi ver a diferença entre as paisagens. Vai mudando: savana, cidade, praias, vinícolas, montanhas… É tudo lindo e você se surpreende o tempo todo. Durante a minha road trip, no mesmo dia eu estava numa cidade que parecia a Grécia, dirigi por uma estrada de terra para chegar num parque nacional que ficava entre fazendas e no fim da tarde eu chegava na cidade mais antiga da África do Sul, cheia de casinhas holandesas no pé de uma montanha.

garden route africa do sul amanda viaja

E se você está preocupado com dinheiro, te conto já que lá é barato. Mais barato que o Brasil (quando eu fui, a relação era de R$1 = 4 rands), mais barato que muito lugar da América do Sul. Quer um exemplo? Uns meses atrás fui para Montevideo no Uruguai uma pizza com duas cocas numa lanchonete qualquer de uma esquina – a conta deu R$100. Fiz a mesma coisa em Cape Town – a conta deu R$40 com gorjeta.

Eu posso estar errada. Mas acho que a África do Sul será o novo destino da moda entre os brasileiros. Isso vai acontecer assim que as pessoas descobrirem que é um país barato para viajar, com atrações e aventuras infinitas e fácil de chegar 😉

Acompanhe a minha viagem pelo instagram através da #AmandaViajaAfricadoSul

Africa do Sul Amanda Viaja

5 Comments

  1. Tive as mesmas impressões!! E também acho que cada vez mais os brasileiros vão descobrir a Africa do Sul!!
    Adorei a comida, as paisagens, o povo… E doeu ver a desigualdade entre brancos e negros… É exatamente o que eu tentei explicar quando voltei, no Brasil também tem muita desigualdade, mas aqui é tudo misturado… Lá não, é gritante a separação… Mas também sonho em voltar um dia e perceber que isso aos poucos vem diminuindo… Muita saudades já!!

    :)

  2. Raquel Voltolini

    Oi Amanda!! Vou para Cape Town em janeiro fazer um curso de inglês e gostei de todas as suas dicas!! Vi que você saltou de bungee jump e eu quero muuuuito, mas não encontro em lugar nenhum a distância entre Cape até a ponte, você sabe me dizer se é longe ou se existem excursões que te levam até lá? Desde já obrigada!! Adoro seus posts!

    • Oi Raquel, é longe sim. Não sei se existem excursões, mas sei que existe ônibus normal até o lugar. Coloca no google maps a distância entre Cape Town e Storms River (a cidade que tem o bungee jump) para descobrir a distância certinho. Beijo

  3. André Gustavo Pompiani

    Ainda não tive a oportunidade de ir, mas pelos relatos que leio e pelos vídeos que assisto, há unanimidade no sentido de que é um país que transforma você… você é um antes de conhecer a África do Sul e outro depois que a conhece. A Cidade do Cabo então… quem a conhece quer ficar para sempre. Procede Amanda?
    Parabéns pelo site.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*