Blue Train: como é viajar de trem pela África do Sul

Eu adoro viajar de trem. Acho relaxante, confortável e, se tiver uma paisagem bonita, melhor ainda. A possibilidade de atravessar a África do Sul de trem com o Blue Train me atraiu logo de cara.

Eu peguei o Blue Train na estação de Pretoria às 8h30 para chegar em Cape Town às 15h do dia seguinte – uma viagem que dura em torno de um dia e meio.

Eu estava junto com o meu namorado e éramos o casal mais jovem do trem. A maioria dos hóspedes eram europeus mais velhos porém mais animados do que a gente. Eles se reuniam o dia todo no vagão de trem onde ficava o bar e assim iam conversando animados enquanto tomavam drinks a viagem toda.

Aliás, no trem é assim – comida e bebida farta o dia todo incluindo um grande brunch pela manhã e um grande jantar à noite. Existem dois horários para o brunch e almoço e nos recomendavam sempre o segundo horário por não haver crianças (de qualquer forma, acho que no meu trem não havia criança nenhuma). O trem também conta com um vagão para café em qualquer horário do dia.

blue train africa do sul amanda viaja

Eu não sei te dizer se todas as cabines estavam lotadas, mas não me pareceu lotado e nem caótico. Tinha gente na medida certa e tudo era muito organizado.Os funcionários são extremamente simpáticos e educados e o clima é de luxo. Aliás…

É um trem de luxo

E não dá para esquecer disso. A forma como todos os funcionários se vestem, a decoração e o preço (a partir de R$4500 all inclusive) lembram você o tempo todo. Mas o clima das pessoas não é de frescura. É de descontração. À noite, o jantar requer terno e gravata para os homens e roupas elegantes para mulheres. Nós havíamos esquecido desse detalhe, improvisamos e foi tudo tranquilo. Ninguém olhou pra gente com olhar de desdém nem nada. Todos estão muito felizes para isso.

blue train africa do sul amanda viaja

blue train africa do sul amanda viaja

blue train africa do sul amanda viaja

blue train africa do sul amanda viaja

blue train africa do sul amanda viaja

Acomodação

A minha cabine standard era pequena, mas confortável dentro do possível. Uma pessoa senta-se no sofá e a outra na cadeira da mesinha. À noite, quando você volta do jantar, o funcionários responsável pela sua cabine (cada uma tem o seu) já puxou a cama escondida para você e a arrumou de forma confortável. Aliás, a cama é bem confortável. E de manhã é uma delícia acordar, abrir a persiana e continuar deitado na cama enquanto olha a paisagem.

No quarto também há um pequeno armário e uma televisão onde são transmitidos apenas filmes e músicas.

O banheiro possui uma banheira com chuveiro quente. É pequeno, mas o suficiente.

A internet é bem limitada. É entregue a você um voucher que pode ser usado até a internet acabar. Como eu preciso MUITO de internet (#viciada) pedi uma centena de vouchers argumentando com o funcionário de que eu precisava trabalhar (o que não deixa de ser verdade).

blue train africa do sul

blue train africa do sul amanda viaja
Essa foto não é do nosso quarto. É de um quarto de solteiro. A cama do nosso quarto é igual, só que de casal. O sofá sobe e a cama de solteiro desce.

blue train africa do sul amanda viaja

blue train africa do sul amanda viaja

blue train africa do sul amanda viaja

O itinerário

Uma única decepção com o meu itinerário. Por alguma razão o meu trem se atrasou e não pudemos sair da estacão de Kimberly para conhecer a cidadezinha e a mina pois já era noite. Só pudemos conhecer o museu da estação.blue train africa do sul amanda viaja

Mais informações

As reservas podem ser feitas diretamente pelo site do Blue Train: http://www.bluetrain.co.za/

blue train africa do sul amanda viaja

Amanda viajou a convite do Blue Train e do turismo da África do Sul.

Veja outros posts da África do Sul

Safari no Kruger: 11 lodges para se hospedar

Quanto custa fazer um safári na África do Sul

Safári no Kruger África do sul: tudo o que você precisa saber

África do Sul: meu roteiro e uma sugestão de roteiro de 15 dias

O que fazer em Cape Town: guia e roteiro com 20 atrações

O que fazer em Joanesburgo na África do Sul: 7 dicas

Garden Route na África do Sul: um guia completo

Como é viajar sozinha para África do Sul

Bungee Jump na África do Sul: o maior de ponte do mundo

A Rota dos Vinhos na África do Sul

O que eu achei da África do Sul: é melhor do que eu sonhava

Blue Train: como é viajar de trem pela África do Sul

 

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

SEGURO VIAGEM
todos com desconto
CHIP DE CELULAR
internet ilimitada
HOTÉIS
hostels, pousadas
 PASSAGENS AÉREAS
em até 10x
ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x
AIRBNB
ganhe R$100

4 Comments

  1. Amanda, só não entendi uma coisa…você comentou que viajava com seu namorado mas na imagem da sua cabine, a cama parece de solteiro. É isso mesmo ou é impressão? Como vocês fizeram?
    Adoro seu blog, bjs!

    • Nossa, ia colocar na legenda dessa foto da cama que aquele quarto não era nosso, mas acabei esquecendo hahaha Ainda bem que você me avisou.
      Então, nossa cama era de casal. Tranquilo.
      Não tirei foto dela porque os caras só montam ela à noite, enquanto estamos no jantar. Aí o quarto estava muito escuro quando chegamos para dormir e a foto não ficaria legal. Então no dia seguinte, como minha cama estava desarrumada, pedi para tirar foto do outro quarto. Entendeu? 😀
      Beijo

  2. ANa Carolina Pereira Barbosa

    Ei Amanda, gostaria de saber qual foi o valor total para o casal!!
    Brigada,
    e adorei o post.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*