Como é morar em Dublin

Como é morar em Dublin

Dublin é a capital da Irlanda, se localiza na Europa e, como devem saber, o idioma falado por lá é o inglês. Mas o sotaque irish é tão forte que quase não dá pra entender o que os caras falam…

É um lugar muito procurado pelos brasileiros na hora de fazer intercâmbio pelas facilidades de visto e trabalho.

Uma amiga minha, a Dani, foi morar em Dublin quaaaase que por acaso. Ela foi por amor a um namorado, mas no fim virou amor a Dublin.

As histórias dela são demais e pedi para ela nos contar como foi essa experiência. Espero que você goste!

Quanto tempo morou: 1 ano

Com quem e onde morava: Morei com muita gente. Durante 1 mês fiquei na casa de uma família irlandesa, depois mudei para um apartamento . Nesse apartamento passou gente de vários lugares: Itália, França, Espanha e Brasil .

O que fazia lá: Estudava e trabalhava. Quer dizer, mais trabalhava do que estudava!

Moraria de novo? Sem dúvidas! Se eu tivesse cidadania européia, com certeza a Irlanda seria um país que eu voltaria a morar para sempre. Me identifiquei demais com o lugar, e por incrível que pareça, o clima de lá foi uma das coisas que eu mais gostei! O pessoal reclama muito do clima irlandês, mas pra mim, que não gosto de calor, era perfeito! No verão não passava de 25ºC, e o inverno também não era congelante, não passava de -5ºC.

Essa é a Dani, em frente à um dos mil castelos da Irlanda
Essa é a Dani, em frente à um dos mil castelos da Irlanda

Por que escolheu Dublin?

Na verdade foi de forma passional. Eu sempre quis sair do Brasil e na época estava namorando um cara que tinha uma banda com estilo europeu. Como a banda queria começar uma carreira na Europa, decidimos ir pra Irlanda, pois na época era um país fácil de entrar. Eu fui antes da banda para ir ajeitando shows, empresário, etc. Mas detalhe: ele nunca apareceu por lá! E claro que depois disso o namoro terminou…

Foto: ultrad.com.br
Foto: ultrad.com.br

 

E as diferenças entre irlandeses e brasileiros?

Os Irish são pessoas extremamente doces e muito solícitos. Conheci muitos irlandeses legais na Irlanda. Mas o sotaque deles é super complicado de entender. E não é lenda que eles bebem demais. Muito mais que os brasileiros! Tem milhares de pubs em Dublin, e a qualquer hora do dia tem gente tomando uma pint de cerveja em um pub. Eles também não tomam banho todo dia no inverno. Nunca vou esquecer de quando eu morei com uma família, e uma das crianças implorava para poder tomar banho e a mãe não deixava!

É fácil conhecer as pessoas? Quem eram seus amigos?

Na Irlanda tem muito estrangeiro, provavelmente pela facilidade de entrar no país. A maioria dos meus amigos era de outros países e não eram irlandeses. Como estávamos todos longe da família e amigos, a aproximação entre essas pessoas era mais fácil.

Quais lugares que você viajou enquanto morou lá? Era fácil?

Apesar de ser uma ilha e não ser ligada por trens, é muito fácil viajar por lá. Peguei promoções de passagens aéreas que no Brasil ninguém acredita, como 1 euro! Viajei para Holanda, França, Bélgica, Inglaterra, Escócia, Marrocos, República Checa.

Conta pra gente como era o clima de lá…

No verão, o dia termina muito tarde e começa muito cedo. Tinha época que eu não sabia o que era noite. Saía de casa para trabalhar em um bar à noite e às 23h ainda estava claro! E quando eu saía do trabalho às 4h da manhã também já estava claro. Em compensação no inverno, 10 horas da manhã ainda estava escuro, e às 15h o sol já estava se pondo.

A Dani comendo no trabalho
A Dani comendo no trabalho

E você me contou uma vez sobre o vento da Irlanda atrapalhar as pessoas. Como era essa história mesmo?

Por ser uma ilha, na Irlanda venta e chove muito. Todos os dias! E houve dias em que cheguei atrasada no trabalho porque o vento estava contra e empurrava demais. Isso acabava atrasando minha vida… Vocês não acreditam, mas o vento empurra mesmo!

E como era o trabalho?

Gente, eu AMAVA meu trabalho no café! Comia loucamente o dia inteiro. Meu chefe era um irlandês muito fofo que liberava tudo pra gente. Eu vivia à base de bagels com cream cheese, sanduíches e cheesecakes. E era muffin atrás de muffin. Resultado: 20kg a mais em 1 ano! Eu praticamente virei um muffin! Quando voltei para o Brasil, até minha mãe se assustou comigo. Portanto, se você tem vontade de ir para a Irlanda, cuidado com aqueles bolinhos deliciosos…

Gostaram?

Se você tiver alguma dúvida, não deixe de perguntar nos comentários…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*