Hostel em Kuala Lumpur: Explorers Backpacker

Hostel em Kuala Lumpur: Explorers Backpacker

Um dos fatores principais que me fazem escolher um hostel é a localização. E o Explorers tinha um bom review no Hostelworld para localização. Mas quando você sai da estação de metrô e dá de cara com o bairro, você fica na dúvida se está mesmo na moderna Kuala Lumpur e se os reviews do Hostelworld estavam certos.

Bom, de Chinatown não dava para esperar um bairro muito organizado. E é aqui que ficam a maioria dos hostels, então não tinha muito como escapar.

Mas quando finalmente encontro o hostel – ainda bem que estava com internet no celular, e pude usar o google maps, pois as instruções do site do hostel não estavam tão claras assim, exceto pela parte do metrô – eu fiquei mais calma. Ele realmente parecia ser limpo e bacana. Simplão, mas honesto.

Eu havia reservado um quarto com duas camas, mas como não havia mais ninguém com essa reserva, acabei ficando com o quarto todo só pra mim. No quarto há uma janela – deve ser um dos únicos porque a mulher do hostel fez questão de mencionar isso – mas a janela tem uma vista bem feia de um beco sem saída meio abandonado. Mas tudo bem, isso é o de menos. O que importa mesmo é que o quarto tem ar condicionado e é super silencioso durante a noite, apesar do bairro ser barulhento.

hostel-kuala-lumpur-amanda-viaja

hostel-kuala-lumpur-amanda-viaja

O banheiro é compartilhado com homens e mulheres.

No café-da-manhã, há torradas, manteiga, peanut butter, chá e café disponíveis, como cortesia do hostel.

A internet só funciona na área comum. E não há festas, portanto não é um hostel sociável. Mas é simpático.

Consulte os preços e faça sua reserva por aqui.

Veja essa viagem pelo Instagram através de #amandaviajamalasia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*