Como é morar na Cidade do México

Como é morar na Cidade do México

A Joseane é paranaense, mas morou em São Paulo por treze anos. No ano passado, teve a oportunidade de se mudar com seu marido para a Cidade do México. Hoje é o dia dela contar suas impressões sobre como é morar na Cidade do México.

Em Agosto de 2015 meu marido e eu decidimos encarar a aventura de mudar para a Cidade do México a trabalho. Ele foi aprovado em uma vaga de Tecnologia da Informação na filial da empresa farmacêutica que trabalhava no Brasil, e eu consegui aprovação em uma vaga de Recursos Humanos na mesma empresa, principalmente por ter trabalhado sete anos na mesma filial do Brasil. Em dois meses e meio nossa mudança já estava navegando a caminho do Porto de Vera Cruz. Viemos literalmente de “mala e cuia” e aterrizamos na Capital sem nunca termos pisado em terras mexicanas antes.

Como viemos a trabalho, tivemos uma empresa contratada nos dando suporte em toda a parte burocrática.

Como é morar na Cidade do México

O México normalmente não é um país que aparece na lista quando pensamos em ter uma experiência no exterior, mas não sei se teria lugar melhor para começarmos esta jornada. As pessoas aqui são extremamente receptivas e acolhedoras, rapidamente te incluem e fazem com que você se sinta em casa – a cultura faz jus ao ditado “Mi casa, Tu casa”. Uma coisa que me marcou muito de maneira positiva, é que aqui não importa há quanto tempo conhecem você ou se a casa está arrumada, se é bonita ou não – você é convidado a entrar. Não existe muito esta preocupação de ter tudo em ordem para receber porque o mais importante para o mexicano é receber e conviver.

Como é morar na Cidade do México

E falando em conviver, é preciso citar a gastronomia. Saímos do Brasil com tacos e burritos em mente, mas aquilo é comida TexMex, com influência da comida do Texas na fronteira do México. O que se come por aqui é muito diferente e algumas opções podem causar um estranhamento inicial. Tem tacos de todos os tipos, pasta de feijão do café da manhã, cogumelos, pasta de chocolate com ervas (o “Mole”), cactos (o famoso Nopal), muitas frutas, legumes e vegetais, e tudo regado ao toque de chili (as pimentas), inclusive as frutas. Nada disso foi uma tortura (com exceção do Mole que realmente não gostei). Estar em outro país, é estar de coração aberto, e não dá para não se envolver com uma gastronomia tão rica que foi considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 2010.

Como é morar na Cidade do México

O que gosto muito daqui é que os preços são mais honestos que no Brasil, mesmo em lugares turísticos. Você come bem sem gastar absurdos, anda de metrô pelo equivalente a R$0,90 na cotação atual, e as entradas para os lugares turísticos são bem acessíveis. Além disso, acho a Cidade do México mais segura do que São Paulo, e há muitos lugares legais para conhecer em um “bate-volta” de final de semana. Dois principais pontos que ainda não me acostumei são: a famosa “propina” (gorjeta) que se aplica a tudo por aqui (restaurantes, manicure, massagem, supermercado para embalar suas compras, estacionamento, etc.), e a mania que o mexicano, no geral, tem de não assumir erros – isso faz com que muitos processos, que já são burocráticos, tornem-se piores e morosos.

O tempo voou e já completamos um ano por aqui, muito bem “disfrutados”, como dizem os mexicanos. Ainda não temos data de retorno ao Brasil; apenas uma lista grande de coisas a fazer e conhecer neste país que carrega uma diversidade cultural encantadora como o nosso.

18 Comments

  1. Gostei muito desse relato porque, de fato, caso não conheço alguém que tenha ido morar na Cidade do México. Acho o México lindo e gosto muito da culinária e da cultura deles. Não sei se eu moraria mas toparia, de verdade, uma viagem pra lá, um dia.
    OBS: Também acho que não me acostumaria com o Mole, não! Rs!

  2. Dorli Clara da Motta

    Que legal ler este seu relato Jose!Fiquei feliz por vocês terem tido essa grande oportunidade de viver em Cidade de México por um ano, conhecer a cultura deles,conviver com os mexicanos.

    • Joseane Dambros

      Oi Dorli, obrigada! Na verdade seguimos aqui no México, sem data marcada para voltar ao Brasil. Por enquanto só de férias para mantar as saudades de tudo e todos :). Beijos, Josi.

  3. Oi Amanda! Bem legal a sua visão do Mexico. Meu marido recebeu uma proposta de emprego na Cidade do Mexico e estamos considerando mudar de São Paulo porque buscamos uma melhor qualidade de vida. Você poderia tirar uma dúvida minha? Quantos pesos mexicanos um casal gastaria para viver bem na Cidade do Mexico. Meu marido trabalharia em Polanco.

    Obrigada e parabéns pelo blog!

    • Oi Luiza! Obrigada!
      Esse post foi escrito pela Joseane que mora lá na Cidade do México. Vou ver se consigo fazer com que ela te responda aqui 🙂
      Um beijo e obrigada!
      Amanda

    • Joseane Dambros

      Olá Luiza, tudo bem?
      Vi o comentário da Amanda e estou respondendo o seu :).
      Então, tudo depende muito do estilo de vida de vocês. Polanco é uma zona mais cara, caso optem por morar próximo do trabalho, mas também isso pode gerar outro benefício como não utilizar o carro para este trajeto. No geral, calculamos que o custo de vida aqui na Cidade do México, comparado a São Paulo, seja em torno de 30% mais barato. Gastos com aluguel e condomínio são mais baratos (salvo lugares como Polanco, Santa Fé, etc), comer fora, supermercado, transporte público e compras em geral… tudo mais barato! Tenho notado que gasolina e carne são mais caros por aqui. Não consigo te falar um valor em pesos pois como comentei, depende do estilo de vida. O que eu sugiro é que vocês façam uma busca por aluguel em sites como o Viva Anúncios e Inmuebles24 para ter uma noção dos valores de aluguel onde vocês pretendem morar. Peçam também para que a empresa que fez a oferta abra o valor real que seu marido receberia, pois os impostos recolhidos na fonte aqui não são pequenos – podem chegar até 32%. Se precisar de mais dicas, tenho alguns textos publicados no blog Brasileiras pelo Mundo que podem lhe ajudar (pode citar isso aqui Amanda? rs) e também fico à disposição caso queira me contatar diretamente.
      Ah, e a qualidade de vida aqui está sim, melhor que São Paulo – a Cidade do México é mais segura, dependendo da zona menos caótica, e é abundante em cultura e lugares de entretenimento.
      Abraços, Josi.

  4. Olá Josi e Amanda.
    Achei super interessante o blog e o relato de como é viver no México.
    Meu marido recebeu uma proposta para ir trabalhar na Cidade do México e estamos bastante inclinados a aceitar.
    Temos uma filha de 13 anos que também achou a idéia bem legal.
    Já moramos fora por duas vezes e nunca havíamos pensando em México, mas agora que apareceu… quem sabe.
    Gostaria de saber a respeito da poluição na Cidade do México. Tenho asma e li bastante sobre esse assunto na internet mas não consegui achar nenhuma experiência pessoal quanto a isso. Você acha que aí é pior que a cidade de São Paulo nesse sentido?
    Obrigada e até mais.

  5. Cláudia Abreu

    Olá Josi,
    Tenho muita vontade de sair do Brasil. ..e confesso ,pode ser bisarro mas comecei a me interessar pelo México pela língua ,Cultura e telenovelas exibidas no Brasil. É difícil ver relatos de pessoas que queiram ir para México. Enfim,nunca sai do meu país tenho 38 anos e agora depois de ser 100% mãe estou terminando minha faculdade de administração.Teria alguma dica de como eu posso começar para um dia realizar este sonho. Ah….tem algo de ruim que poderia salientar,como clima ou governo!!!
    Aguardando ansiosa resposta

  6. oi entao compramos um motorhome e estamos querendo embarcar e morar ai tb, vc conhece algum lugar com segurança que possamos estacionar nossa casa e começar uma vida?

  7. O México na minha opinião (estive agora em janeiro) é o pior lugar do mundo pra se comer. Esses tacos e burritos que se vê no estrangeiro (USA, BR, ate cancun, uma maravilha), não tem nada a ver com o lixo mexicano, onde só se vê essa comida nas ruas (são lixo, pura porquice nesses camelôs), onde simplesmente voce pede um taco e te dão arroz e feijão dentro de um taco/biscoito, ainda sem tempero algum, ou verduras cozida dentro. Pra resumir, são comidas de panelas dentro de um biscoito/taco, e todo cozido, ou cozidos em biscoito, e cheirando ruim, muito ruim (me serviram gordura pura de porco dentro de um taco, pode?). Aí me sobrou procurar restaurantes nessa capital, no centro, onde só havia estrangeiros (italianos, espanhóis, etc), ou as centenas de fast-food americanas e só. Uma decepção absoluta em comidas. Fuji correndo pra Cancun e Playa del Carmen, paraísos em tudo, nunca parecendo ser México e dominado por americanos em tudo, lojas, hoteis, etc. Obs: só estou tratando de comidas e só.

    • Oi Jorge, não entendi… Num outro post você descascou os EUA falando o quanto o país é horrível em tudo (inclusive na concentração de restaurantes fast food). Aí aqui neste post você descasca o México e diz: “Fuji correndo pra Cancun e Playa del Carmen, paraísos em tudo, nunca parecendo ser México e dominado por americanos em tudo, lojas, hoteis, etc.”.
      Eu já não gostei tanto da região de riviera Maya justamente por não parecer México. Se eu vou pro México, eu quero que ele pareça México e não Estados Unidos.
      Bjo

  8. Olá Joseane Dambros.
    Pretendo ir para o México e pedir a você algumas informações. podemos nos falar por e-mail ou facebook? meu e-mail e facebook são os mesmos endereços: paloma.noleto@hotmail.com

    byby

  9. Mateus Junior

    Ola! qual a sua impressão sobre a segurança na CDMX?
    Tenho lido sobre casos de sequestros, alguns que terminaram em morte do sequestrado. Casos de sequestros em taxis e varios golpes no transito. Tambem ha casos em que os empregados domesticos, ou nas empresas passam informaçōes para traficantes, que depois te abordam e te ameaçam.
    É tão grave assim, ou estou surtando à toa antes de chegar?
    Obrigado

  10. Olá Josi e Amanda, eu e meu marido estamos planejando morar no mexico no ano que vem, por conta do emprego. Moramos em Miami agora, e confesso que estou super animada em mudar para um novo pais, ja fui no Mexico inumeras vezes e tambem em DF. Me encata por completo esse pais.
    Eu queria saber se vocês sabem como funciona as universidades ai. Meu marido vai a trabalho e meu visto sera o mesmo que o dele, mas estava pensando em fazer um mestrado ai nesse tempo, ja que estou terminando meu bacharelado aqui em Miami.
    Obrigada!

  11. LUANA SILVEIRA DA COSTA CARDOSO

    olá, meu esposo recebu oferta para trabalhar no mexico por 2 anos, porém estou preocupada em nao conseguir um emprego. pois a empresa vai conseguir o visto pra ele trabalhar mais eu nao. sabe como posso receber um convite de uma empresa. sou vendedora de colchao no Brasil, sou especialista em vendas de colchao certiicado pelo INER, Sera que consigo algo do tipo?
    agradeço desde ja. meu email luana.viladagloria@gmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*