O que fazer em Havana, Cuba: dicas e melhores atrações

Eu digo sem pensar duas vezes que Havana é uma das cidades mais interessantes do mundo. Muitos vão a Cuba atrás do mar caribenho, mas ainda acho que a grande atração do país é a sua capital. Se você está perdido sobre o que fazer em Havana, confira esse guia e descubra os atrativos de cada uma das regiões da capital cubana.

 

O que fazer em Havana Antiga (centrinho)

O que fazer em Havana: explorar as ruas de Habana Vieja
A cidade antiga de Havana possui cerca de novecentos edifícios de importância histórica. Muitos deles foram restaurados — uma ação que começou na década de 70 e segue em progresso até hoje. O mais legal por ali é sair andando sem rumo pelas ruas. Alguns pontos, no entanto, são imperdíveis. São eles:

RUAS DE HAVANA que você tem que conhecer

As ruas do centro de Habana Vieja são as grandes atrações da cidade. Andar por elas, explorando, é uma das coisas mais legais de fazer em Havana. Vamos às ruas principais e imperdíveis:

Calle Obispo: Uma rua super importante para o turista e MEGA lotada  proibida para trânsito de carros — com bares, restaurantes, galerias. É lá também onde você vai encontrar várias lojas da ETECSA para comprar internet.

Plaza de Armas: É a praça mais antiga de Havana e aquela que eu considerei a mais interessante. De segunda a sábado acontece uma feira de livros usados. Foi ali que eu comprei um livro escrito por Fidel Castro, um dicionário antigo de espanhol que até hoje decora a estante da minha sala e alguns pôsteres que viraram quadros na minha casa também.

Calle Mercaderes: A Calle Mercaderes é uma das ruas restauradas, de paralelepípedo e exclusiva para pedestres. Nesta rua você vai encontrar muitos restaurantes, lojas, museu e turistas. É para andar sem compromisso, mas se você puder, dê uma entrada no Museu del Tabaco (Mercaderes, 120) e na Fototeca de Cuba (Mercaderes, 307) que é uma famosa galeria de fotos dos artistas locais. Pode ser interessante.

Plaza Vieja: É uma das praças mais importantes de Havana. Do ponto de vista arquitetônico, ela é bem eclética, misturando o barroco cubano com art nouveau inspirada em Gaudí. Ali você também vai encontrar muitos bares, restaurantes, uma microcervejaria, a escola primária Angela Landa e uma bonita fonte.

Paseo del Prado: Um calçadão lindíssimo, histórico e cercado de prédios antigos. Nele você vai encontrar muitos locais se divertindo – crianças, jovens, estudantes, artistas.

 

Ver essa foto no Instagram

 

As pessoas têm uma visão muito deturpada de Cuba. De que vão chegar aqui e vai ter um monte de cubano zumbizando numa cidade decadente pedindo pra ir embora. Vamos lá… Havana é uma cidade limpa, com a maior parte do centro restaurada, segura, vida cultural agitada e povo sorridente. Dá pra comparar com Cartagena que cêis amam (aliás, Havana tá indo pelo mesmo caminho – cheia e desenvolvendo igual). Se você perguntar para os cubanos, a maioria deles vai dizer que não quer sair daqui. Tem MUITOS problemas, eles também reconhecem. Mas é por isso que até quem vem visitar de cabeça aberta se surpreende. Eu to aqui pela segunda vez e sigo de queixo caído com essa cidade belíssima e viva. . E aí? Pra quem vc vai mandar um “VAI PRA CUBA” hj? #AmandaViajaCuba

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

CAPITOLIO NACIONAL

É o edifício da foto acima, o mais importante de Havana. Ele é bem parecido com o capitólio americano, mas é mais alto e com outros detalhes arquitetônicos. Não é difícil encontrá-lo, já que este é também o principal cartão-postal da cidade. O capitólio passou por oito anos de reforma e foi reinaugurado em 2018 inclusive para receber visitas guiadas dentro dele. Há dois horários para visitas diárias e você pode se informar no próprio Capitólio a respeito. O preço é de 10 CUC$.

DICA: Logo em frente você encontra diversos carros antigos para serem alugados para dar uma volta.

Pontos turísticos de Havana: o Capitólio Nacional

 

REAL FÁBRICA DE TABACOS PARTAGÁS

É uma das fábricas mais antigas de Havana. Ali  são feitos os charutos mais famosos do país — Cohiba e Montecristo. São oferecidos tours pela fábrica nos quais você pode aprender como as folhas são escolhidas, ver onde o tabaco é enrolado, prensado e encaixotado. Eu não fiz esse tour, mas dizem que é um pouco corrido. Porém, se você tiver interesse no assunto, pode valer a pena. Custa 10CUC$.

Pontos turísticos de Havana: Partagas Fábrica de Tabacos

 

MUSEO NACIONAL DE LA REVOLUCIÓN

É um museu bacana se você fez o dever de casa direitinho e estudou a história de Cuba antes da viagem. Ali você encontra toda a história do país, desde a cultura pré-colombiana até a revolução cubana e o regime socialista de hoje.

Também vai encontrar instrumentos da época da revolução, uniformes ensanguentados, objetos de Che Guevara e até mesmo o iate de 18 metros que levou Fidel e outros 81 revolucionários do México a Cuba. A entrada custa 10CUC$.

Pontos turísticos de Havana: Museu da Revolução

 

OUTROS ATRATIVOS DE HABANA VIEJA: 

  • Museo del Ron (10 CUC$): a bebida oficial de Cuba tem seu próprio museu, da marca mais famosa Havana Club. O acervo mostra a produção de bebida e sua maturação. Mas caso você queira apenas provar o reputado rum, vá direto ao Bar dos Hermanos, ao lado do museu.
  • Farmacia Museo Taquechel (gratuito): uma antiga farmácia de 1898 restaurada em 1996 e que hoje, além de funcionar como drogaria para a população local, também é um museu farmacêutico cheio de recipientes antigos. Fica na Rua Obispo.
Farmacia Taquechel

 

ROOFTOPS PRA TOMAR MOJITO EM HABANA VIEJA

Tomar mojito num terraço com vista bonita em Havana, é uma boa pedida para um fim de tarde. Eu testei vários deles e te conto aqui:

Hotel Inglaterra: O terraço em si não é suuuper legal. Nem o drink. Mas a vista é linda, para o Capitólio e à praça em frente cheia de carros antigos.

Hotel Parque CentralCom música no terraço, ele oferece uma vista mais completa do Capitólio. De frente para a mesma praça do hotel anterior, mas com outro ângulo.

Hotel Parque Manzana: Um terraço mais chique, eu diria. Com piscina de borda infinita e vista deslumbrante do Capitólio. Também em frente à mesma praça dos hotéis anteriores. O mojito ali é uma delícia!

Hotel Paseo del Prado: Hotel novinho em folha e com um terraço de cair o queixo, do tipo que por um momento você se pergunta se está em Miami ou Havana mesmo. Até heliponto tem. E a decoração é toda moderna. A vista é para o mar e avenida Malecón. O pôr do sol ali é maravilhoso. Vale a pena. Na hora de ir, tenha certeza de que você está indo pelo calçadão Paseo del Prado. Lá você vai ver muitos locais se divertindo.

Na galeria abaixo, você confere as vistas na ordem dos hotéis acima:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

AVENIDA MALECON

É a avenida mais famosa de Havana, com 8km de extensão à beira-mar. Ali é legal você fazer uma boa caminhada e observar o que acontece. Eu andei do centro de Havana até o Hotel Nacional e pude ver muitos estudantes, casais apaixonados, pessoas tocando música é o ponto da cidade onde você pode melhor ver a expressão cubana. Não são turistas, são cubanos vivendo a vida. E tudo em meio ao cenário dos prédios e carros antigos passando pela avenida.

 

Encontre um hotel em Havana

 

O que fazer em Havana no bairro de El Vedado

El Vedado é um bairro mais recente, com ruas largas e extensas. A arquitetura tem ares modernos, sem as construções coloniais características de Habana Vieja. Era aqui que vivia a alta sociedade antes da revolução cubana e muitos dos edifícios monumentais estão relacionados à episódios desse período histórico. 

A densidade populacional é bem menor do que no centro, assim como a concentração de turistas por metro quadrado. Hoje, é o polo cultural da cidade.

HOTEL NACIONAL

Pontos turísticos de Havana: o Hotel Nacional

O Hotel Nacional é o mais conhecido de Havana por sua importância histórica e seu papel chave em diversos acontecimentos políticos do país.

O primeiro episódio marcante foi em 1933, quando trezentos soldados se refugiaram no hotel na esperança que o embaixador americano que lá vivia os ajudasse contra Fulgencio Batista, militar que havia acabado de dar o golpe no governo. Mas nada feito — o embaixador americano permitiu que as tropas de Batista atirassem contra o hotel, matando quatorze deles. Em 1946, outro acontecimento relevante no hotel: a maior festa da máfia americana.

fazer em HavanaHoje, o que você pode fazer no hotel é o que eu fazia todas as tardes: chegava lá para o pôr do sol com vista para o mar, pedia o melhor mojito de Havana e fumava um charuto. Todos os dias neste horário há música (das boas) tocando por ali.

À noite você pode ir ao cabaré Parisien — um show meio cafona, mas que pra mim valeu a pena. Achei engraçado. Reserve seu lugar com antecedência. O show inclui jantar.

PLAZA DE LA REVOLUCION

A praça, que também é um dos cartões postais da cidade, é a base do governo cubano e local onde acontecem diversas manifestações políticas. Foi na praça também que o papa João Paulo II rezou uma missa, reunindo mais de um milhão de pessoas.

O principal atrativo é o grande painel de Che Guevara no prédio do Ministério do Interior. Além disso, vale conferir a estátua de 17m e o Monumento à José Martí, uma das maiores figuras revolucionárias do país.

 

O que fazer em Havana à noiteO que fazer em Havana à noite

 

LA FABRICA DE ARTE CUBANO

Meu lugar favorito em Havana! A Fabrica é incrível – uma mistura de museu de arte com balada. É bom chegar cedo, quando abre, às 20h, para não pegar fila. Nessa hora você pode ir andando e conhecendo o lugar (com um drink na mão). Às 22h os shows começam e a casa já está lotada. Vira baladona… com arte. Sério. É incrível! Tem que ir. A Fabrica só abre de quinta a domingo então se programe. Não fica no centro, mas em Habana Vieja. Fica mais distante, próxima a Vedado. O preço justo do táxi pra lá custa 10 CUC$.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Eleito meu lugar favorito em Havana 🖤 Tá difícil definir o que a Fabrica é, mas vou tentar: uma galeria de arte/museu que vira balada ao mesmo tempo. Fiquei igual pinto no lixo vendo tudo azarte cubana com um drink na mão. São vários ambientes chamados de “nave” – um rola show de jazz, o outro DJ, o outro rola outra coisa e assim vc vai se chocando por onde passa desacreditando que esse lugar existe em Cuba. Vários bares, exposições e baladas num lugar só. . Tem que chegar cedo pra não pegar fila e ver tudo ainda vazio, se transformando na loucura que a Fabrica é. São cubanos e turistas do mundo todo curtindo num lugar só. . Se a Fabrica estivesse em São Paulo ou Nova York até dava pra explicar. Mas em Havana?! É só amor ❤ . (tem mais nos stories) #AmandaViajaCuba

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

SHOWS DO BUENA VISTA SOCIAL CLUB

Estar em Cuba e ir a um show do Buena vista Social Club, que venceu duas vezes o Grammy, é um sonho! Lá é comum você comprar o show com jantar e é bom reservar com antecedência porque os ingressos se esgotam.

show do Buena Vista Social Club <3

JAZZ CLUB LA ZORRA Y EL CUERVO

Show de jazz em Havana

É o clube de jazz mais famoso de Havana, com programação todas as noites a partir das 22h. Você não pode perder uma noite de jazz. Esquece esse estereótipo de que a música de Cuba é a salsa. Vá ver uma apresentação de jazz e se encante.

Detalhe: nesta casa de jazz você pode beber, comer e ainda vai ver muita gente fumando charuto. A entrada da casa de jazz é através de uma cabine telefônica londrina. Você desce as escadas e chegou.

Onde fica: na esquina das calles 23 e 0.

CABARÉ PARISIEN

Show de cabaré em HavanaO show de cabaré mais famoso é o Tropicana, mas ele fica longe da região central de Havana e é mais caro. Uma opção mais acessível e ainda assim interessante é o Cabaré Parisien, no interior do Hotel Nacional. Como toda apresentação de cabaré, espere alguma cafonice. E é bem turisticão. Mas se quiser ir, tente reservar com antecedência para garantir o seu lugar. Lá você também pode beber e jantar.

Onde fica: no Hotel Nacional, esquina das calles 21 e 0.

CASA DE LA AMISTAD

Atrações culturais em HavanaAté hoje sou frustrada por ter ido até a Casa de La Amistad, chegar lá e estar rolando um evento fechado. Mas você pode ter mais sorte do que eu. Essa mansão tem música no jardim com o tradicional son (o jazz cubano).

Bastante frequentada por um dos membros da famosa banda Buena Vista Social Club, depois da sua morte é feita uma homenagem a ele uma noite por semana. Ali você encontra um restaurante, um bar, uma tabacaria e toda a arquitetura renascentista da mansão.

Onde fica: Paseo. 416, entre calles 17 e 19.

 

Seguro viagem para Cuba é obrigatório!

A cobertura mínima do seguro deve ser de US$10 mil para assistência médica e emergências. Para contratar, eu sugiro fazer uma cotação no site Segurospromo, que possui todos os seguros viagem. No site você faz uma cotação e escolhe aquela que preferir. Além disso, eu tenho um cupom de desconto pra você de 10% (e mais 5% se você pagar com boleto)!

Clique aqui para fazer sua cotação e, ao finalizar a compra, coloque o cupom AMANDAVIAJA10.

 

VEJA AQUI TODOS OS POSTS SOBRE CUBA

Hotéis e outros tipos de acomodação em Havana

Cuba: guia completo e roteiro de viagem com todas as dicas

10 curiosidades sobre Cuba e os cubanos

Primeiras impressões da viagem à Cuba

Preparativos para viagem a Cuba

Como Kennedy continuou fumando os melhores charutos após decretar o embargo a Cuba

 

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

SEGURO VIAGEM
todos com desconto
CHIP DE CELULAR
internet ilimitada
HOTÉIS
hostels, pousadas
AIRBNB
ganhe R$179