Quanto custa fazer um safári na África do Sul

Muitos acabam deixando de lado a ideia de fazer um safari na África do Sul por achar que se trata de uma experiência de luxo. Mas a verdade é que existe safari para todos os bolsos. E no Kruger você pode fazer o melhor safari do mundo.

Para tirar as principais dúvidas com relação a todas essas opções e valores, fiz esse post com a ajuda da secretaria de turismo da África do Sul para ajudar na sua decisão.

quanto custa safari amanda viaja

O que você precisa entender antes de decidir como fazer o seu safári

Pra você ter noção, o Kruger é do tamanho de Israel ou do estado de Sergipe. Como não existem cercas e limites, ele se estende pelo Zimbábue. É vida selvagem mesmo (oba!)

Dentro do Kruger existe a área do parque nacional e as áreas de reservas privadas. Por “reservas privadas” não significa que elas tenham cercas separando-as do Kruger, mas elas podem ter regras de safari diferente dos safáris no parque nacional. Ex: no safari do parque nacional você só pode andar pela estrada demarcada. Já nos safáris das reservas privadas a coisa fica bem mais emocionante com os jeeps entrando savana adentro para encontrar os animais.

Quer mais detalhes sobre isso para entender melhor como funciona?

Parque Nacional Kruger

O Parque Nacional é um área pública e com regras de parque, como horários de entrada e saída (diferentes da reserva privada), e a os veículo só podem circular pelas estradas demarcadas. Nesse caso, para ver os bichos de perto, isso só acontece quando o animal está na beira ou cruza a estrada. Também há hospedagens dentro do parque e os safáris com guias podem ser contratados.

Há uma taxa por pessoa para entrada no parque, que varia de acordo com o local. Para entrar no Kruger Park, a taxa é de R 280 por adulto (em torno de R$70) e R140 para crianças (em torno de R$35). Se hospedando no parque ou fora dele, essa taxa é paga por dia.

Veja aqui sobre as tarifas do parque: https://www.sanparks.org/parks/kruger/tourism/tariffs.php

Veja aqui as opções de hospedagem no parque nacional: https://www.sanparks.org/parks/kruger/camps/default.php#bush_lodges

VEJA AQUI 11 LODGES DE SAFARI PARA VOCÊ SE HOSPEDAR (QUE CABEM NO BOLSO)

Reservas privadas Kruger

O Sabi Sands (onde fiquei) é uma reserva adjacente ao Kruger, porém é uma reserva privada. Na Reserva Privada, apesar dela fazer parte do parque, a área é exclusivamente de uso daqueles que ficam hospedados nos lodges das Reservas. Há cancelas nas entradas dessas áreas que impedem a entrada de pessoas que não estão nos lodges. Uma das diferenças principais, é também a proximidade com os animais. Não há uma distância mínima. Muitas vezes os animais passam colados no carro. Quem decide se é seguro ou não, é o Ranger, que tem um conhecimento vasto sobre a vida selvagem. Além disso, nessas reservas os carros podem sair das estradas demarcadas e entrar na mata, para chegar ainda mais perto dos bichos, como no momento que fomos atrás do leão e depois, dos leopardos.

No Sabi Sands (onde eu me hospedei), a taxa é de R 110 por pessoa (adultos e crianças, em torno de R$28) e há três portões de entrada: http://www.sabi-sands.com/how-to-get-to-sabi-sands.html

Dentro do Sabi Sands eu me hospedei no Sabi Sabi à convite da reserva.

É assim que os carros podem ficar nas reservas privadas: no meio da savana
É assim que os carros podem ficar nas reservas privadas: no meio da savana

Agora vamos decidir como será o seu safári

Opção 1: Alugar um carro e entrar no parque nacional

Neste caso você paga apenas a taxa de conservação do parque (e o aluguel do carro). As taxas variam de acordo com o local, mas no Kruger National Park, o custo por pessoa por dia é de ZAR 280 – algo em torno de R$70 (cotação de março/2016).

Fazer os safáris por conta própria, alugando um carro, tem como principal vantagem ser mais barato. Você também pode decidir a hora que vai começar e terminar o safári (sempre respeitando os horários de fechamento dos portões do parque) e você não vai precisar dividir o carro com ninguém. Se também quiser ficar horas apenas observando um leão, você pode, já que as escolhas são suas e das pessoas que acompanharem você na viagem. Para isso basta alugar um carro, se dirigir a um dos portões de entrada dos parques, pagar a taxa de conservação e se divertir. Um lembrete: nunca corra, nunca abra as janelas e sempre respeite os animais.

Opção 2: Contratar empresas que ficam nos arredores dos parques e pagar pelo safári de um dia

Neste caso você vai com um guia, e com outros turistas no mesmo carro para procurar os animais. A vantagem de contratar um guia é que como eles têm a experiência do dia a dia do safári, as chances de encontrar os animais são maiores (lembre-se que encontrar os animais num safari não é algo garantido. Portanto quanto mais você puder aumentar as suas chances, melhor.

Opção 3: Se hospedar dentro dos camps do Parque Nacional do Kruger

É uma maneira barata de se hospedar, dentro do Kruger e você ainda pode levar sua própria comida.

Veja aqui as opções de hospedagem no parque nacional: https://www.sanparks.org/parks/kruger/camps/default.php#bush_lodges

VEJA AQUI 11 LODGES DE SAFARI PARA VOCÊ SE HOSPEDAR (QUE CABEM NO BOLSO)

Opção 4: Se hospedar em lodges dentro dos parques ou das reservas privadas (tudo dentro do Kruger)

Isso foi o que eu fiz. Neste caso os safáris já estão inclusos no preço da diária. Normalmente esses lodges oferecem além da acomodação e de dois safáris por dia, toda a alimentação, café da manhã, almoço e jantar. Nessa opção, apesar do turista também poder dividir o carro com outras pessoas que estão hospedadas nos lodges, é mais exclusivo (nos meus safáris só fomos eu, meu namorado e mais duas pessoas o tempo todo.

A experiência de ficar dentro de uma reserva e desfrutar tudo que o lodge oferece é para ser guardada para a vida inteira. E é importante falar que há lodges dentro das reservas que têm o preço bastante acessível por tudo que oferece (acomodação, alimentação e dois safáris por dia – fora a mordomia). As agências brasileiras costumam vender apenas os produtos mais caros, mas vale pesquisar bastante antes de decidir.

VEJA AQUI OPÇÕES DE HOSPEDAGEM NO SAFARI QUE CABEM NO BOLSO

quanto custa safári amanda viaja

Veja outros posts da África do Sul

Safari no Kruger: 11 lodges para se hospedar

Quanto custa fazer um safári na África do Sul

Safári no Kruger África do sul: tudo o que você precisa saber

África do Sul: meu roteiro e uma sugestão de roteiro de 15 dias

O que fazer em Cape Town: guia e roteiro com 20 atrações

O que fazer em Joanesburgo na África do Sul: 7 dicas

Garden Route na África do Sul: um guia completo

Como é viajar sozinha para África do Sul

Bungee Jump na África do Sul: o maior de ponte do mundo

A Rota dos Vinhos na África do Sul

O que eu achei da África do Sul: é melhor do que eu sonhava

Blue Train: como é viajar de trem pela África do Sul

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

SEGURO VIAGEM
todos com desconto
CHIP DE CELULAR
internet ilimitada
HOTÉIS
hostels, pousadas
 PASSAGENS AÉREAS
em até 10x
ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x
AIRBNB
ganhe R$100

42 Comments

  1. Viviane Ribeiro

    Quando fui para lá tambem, assim como você, me surpreendi com a viagem. Em todos os lugares que visitei, o Kruger, Capetown, Simonstown (mergulhamos com tubarão branco aqui), enfim, tudo maravilhoso. Uma das minhas viagens preferidas, super recomendo.

  2. Oi Amanda, você poderia informar qual foi o quarto que você ficou?

  3. Oi Amanda. Você diz sobre a taxa para entrada no parque: “…Se a pessoa fica hospedada dentro do parque, ela irá pagar apenas uma vez….”. Fui ao Kruger agora em abril. Fiquei por dois dias hospedado em Pretoriuskop (sem sair do parque) e paguei os dois dias para a permanência no parque.
    Um abraço

  4. Oi Amanda. Quero conhecer Joanesburgo, Kruger e Cape Town em 10 dias. Para diminuir o custo da viagem, vamos de Joanesburgo até o Kruger de carro, depois voltaremos para Joanesburgo e iremos para Cape Town. Você acha melhor no dia que chegarmos em Joanesburgo ir direto para o Kruger e curti Joanesburgo depois do Kruger ou ficar o primeiro dia em Joanesburgo e ir depois para o Kruger? Abraços.

  5. Ola,
    Você tem alguma informação sobre o Tshukudu?
    É uma reserva, mas como existem inúmeras opções estou muito em duvida de qual escolher.
    Muito obrigada
    Luciana

  6. Oi Amanda! Obrigada pelos posts sobre a África do Sul, me deixou ainda mais fascinada em conhecer um lugar como esse.
    Queria ver se você consegue tirar algumas duvidas minhas, por gentileza…
    Eu olhei lodges do Sabi Sand e achei mais em conta o Elephant Plains Lodge. Consegui no site ver tudo incluso no pacote mas fiquei numa duvida que talvez você possa me esclarecer. Se eu fechar a estadia nesse lodge eu teria que pagar a mais o custo do aeroporto de Skukuza até o lodge? Eu li que existe a opção de ir até o lodge de avião ou de carro, esse custo é a mais e eu pago na hora ou posso pagar junto com as diárias que fechar no lodge?
    Andei pesquisando também os horários comuns de voos e estou receosa de não bater com o check in e o check out do lodge, sabe dizer como funciona?
    Existe a parte algum opção em que você possa conhecer (tocar, segurar) alguém animal filhote da reserva, tipo um filhote de leão, ou o contato físico com qualquer tipo de animal da reserva é proibido?
    As comidas e bebidas a mais que for consumida no lodge, sabe se é muito caro? Kkk
    Nunca planejei uma viagem, muito menos internacional. Mas meu sonho é conhecer um ligar como Sabi Sand. Ver ser blog me deu uma direção pra esse sonho, mais do que isso, me fez ver que é possível realizá-lo.
    Obrigada

    • Oi Gabriela, vamos lá:

      1. Eu não sei quanto ao Elephant Plains Lodge. Mas o que eu fiquei (Sabi Sabi) tinha um transfer do aeroporto para o lodge. Se eu fosse você, mandava um email perguntando ao hotel.
      2. Acho que você nao precisa se preocupar com check in e check out porque você pode continuar no hotel e deixar as malas no guarda volumes do hotel caso tenha dado o horário do check out e seu voo seja mais tarde. Acho mais importante você se preocupar com os horários dos voos com relação aos safaris. O ideal é você fazer 4 safaris. E eles geralmente são bem cedinho (5 da manhã) e no fim da tarde (5 da tarde).
      3. Nem eu e nem o turismo da África do sul apoiamos estabelecimentos onde você toque, segure ou tenha qq interação desse tipo com animais. Os lugares que oferecem esse tipo de interação geralmente são abusivos ou então criam e reproduzem esses animais para que sejam vendidos a fazendas de caça de animais selvagens depois. E você visitando esse tipo de lugar, apoia indiretamente esse tipo de atitude. Portanto, não recomendo e digo mais: não há experiência mais incrível do que o safari. Você vai ficar satisfeita 🙂
      4. Se as bebidas e comidas não estiverem inclusas nas suas diárias, elas costumam ser caras sim :/ Por isso, de repente uma opção all inclusive vale a pena.
      Um beijo e boa viagem!

      • Muito obrigada pela resposta Amanda!!!!
        Estou pesquisando voos, diárias (pretendo ficar 3 noites). Já fiz até balanço de orçamento aqui pra poder me organizar pra fazer a viagem ainda no ano de 2018, se tudo der certo. O seu blog e seus vídeos me deram muita motivação de ir atras desse sonho, e vou me organizar ao máximo para realizá-lo. Quando for te mando foto

        Mais uma vez, obrigada!!! Você ganhou uma nova leitora e admiradora.

  7. Amanda
    Pode me falar o nome do hotel que você ficou?!

  8. ola Amanda vc. pode me dizer qual a distancia entre Joanesburgo e parque kruger?

  9. tem guia ou pessoas que falam portugues?, pois não falo outra lingua e gostaria de fazer um safari

  10. Amanda, eu estou pesquisando sobre o Sabi-Sabi e eu vi que tem uns valores de lodges, não entendi muito bem. Esses lodges são pagos aqueles valores do site pelo periodo que esta lá ou por dia por pessoa ? Porque minha familia tem 4 pessoas se formos todos para um dos lodges eu pagaria em torno de R$8mil por noite. É isso mesmo ?

    Obrigado !

  11. Amanda, moro no Rio e pretendo visitar a Africa do Sul em julho de 2018. Gosto planejar as minhas viagens com bastante antecedência. A ideia seria Rio – JNB – Krüger Park (reserva privada) – Cape Town – Rio. Somos 2 adultos e uma adolescente de 14 anos.
    Pergunta 1: existem pacotes saindo de JNB para Sabi Sabi ou outros lodges?
    Pergunta 2: qual é o caminho oportuno de fazer a reserva (pacote), comprando online daqui do Brasil ou comprando in loco (na Africa do Sul)?

    • oi Franz. Existem agências que fecham o pacote JNB até o parque, mas não conheço nenhuma para te recomendar. Sei que fechando por lá sai mais barato. Se você quiser fechar pacote mesmo, o ideal é você fazer uma pesquisa por agências de viagem em JNB que ofereçam esse traslado/pacote e entrar em contato com eles. Ou fechar aqui pelo Brasil mesmo pagando mais caro. Beijo

  12. Boa noite!!
    Estou planejando uma viagem África no próximo ano e gostaria de estar recebendo essas informações de pessoas que já fizeram esse passeio.

  13. Ola, se eu não quiser me hospedar no safari, qual a melhor opção?

  14. ADA CRISTINA GUIMARAES

    Oi Amanda. Tp lendo todo seu blog. Amando…
    To indo em Abril pra África Sul +seychrlles. De 11 a 27. N tem muitos dias.
    To na dúvida se desço pra Cape Town, safari ou so Joanesburgo mesmo!!!
    A questão de ir pra reserva do kruguer é muito distante?!
    Sobre seyechrlles melhor pegar base em praslin prazo ou la digue?

    • O ideal é não perder tempo com joanesburgo e fazer o safari no kruger e depois pegar um voo em Pretoria para Cape Town, ficar o máximo que puder e depois partir para Seychelles.
      Seychelles a melhor base é Mahé. Mas a ida a La Digue é essencial.
      Bjo

  15. Saberia me dizer se realmente vale a pena conhecer ou visitar o The Lost Paradise at SunCity Resort? E quanto ao outro Aeroporto em JOHAN, de Lesteria.. alguma dica ou sugestao!

  16. olá Amanda,

    Vou chegar na africa do sul no dia 31/05 e vou voltar para o brasil no dia 03/06, de acordo com os meus cálculos o melhor dia para ir no krugger seria no dia 02/06. Porem não quero me hospedar no Krugger, por tanto só vou fazer o safari. A minha pergunta é, quanto tempo leva o safari no krugger?
    abs e parabéns pelo blog.

    • oi Walace, pode não valer a pena fazer só um safari pois você corre o risco de não ver animal nenhum. O ideal é no mínimo três (dá pra fazer dois num dia só). Dá uma olhada nesse post que tem mais detalhes sobre isso: http://www.amandaviaja.com.br/safari-africa-sul/

      Quanto ao dia do safari, acho dificil você conseguir fazer o safari no dia 02 e voltar para o brasil no dia 03. Lembre-se que o Kruger fica distante de Joanesburgo. Verifique o tempo que você te disponível.
      Bjo

  17. Oi Amanda,
    ótimo texto!
    Por acaso vc sabe indicar a melhor forma de chegar em Cape Town saindo de Johannesburgo?
    Minha prioridade é sentir a adrenalina de algumas atividades em Cape Town, e claro, não poderia deixar de visitar um safári antes.

  18. Parabéns Amanda sua postura em relação a tocar nos animais é perfeita, não quero ir a nenhum local que permita essa proximidade, exceto, talvez, alguma reserva de recuperação da vida selvagem se for possível. Mas está certíssimo, animal selvagem é para ser visto em seu habitat, livre, solto, é uma experiência de observação, qualquer coisa além disso é contra a natureza deles, já estaremos ali na casa deles, está bom demais, tocar nos bichos, pagar para que façam qualquer graçinha, ou mesmo utilizá-los como transporte é exploração da vida deles a troco de algumas horas da nossa diversão, isso não vale a pena. Já não basta o que fazemos com os animais domésticos? Aí…não sei como vai ser essa minha viagem…difícil aguentar locais explorando para sua sobrevivência, agora turistas fazendo graçinhas é ainda pior.

  19. MARIA VALDEREZ

    Oi Amanda! Seu blog é excelente. Vamos ficar hospedados em Hazyview e gostaríamos que nos indicasse empresas que levam para safari de dia inteiro no Kruger. Obrigada!”

  20. Camila Tófoli

    Oi Amanda, gostaria de saber detalhes para uma viagem pra África do Sul pois tenho interesse mas nunca viajei fora, seria primeira viagem internacional
    Teria opção de roteiro, melhor cidade chegar tipo Cabo ou Johanesburgo?
    Melhores safáris, dicas hospedagens e passeios em geral e troca de moedas?
    Obrigada desde já

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*