• Menu
  • Menu

Tag - Holanda

Onde comer em Amsterdam: cafés, restaurantes e bares

Eu conheci a Ali Lickel através do instagram. Os algoritmos favoreceram que suas fotos lindas somadas aos seus stories super bem feitos de Amsterdam chegassem até mim (segue agora: @alilickel e no youtube: Ali Lickel)

Meses depois eu embarcava para a cidade na missão de gravar uma série de vídeos e precisava falar com algum brasileiro que morasse lá. Fui na maior cara de pau atrás da Ali que não só topou me dar uma entrevista como me contou tanta coisa legal que eu abusei e pedi pra ela escrever um post aqui no site sobre os cafés, restaurantes e cervejarias que ela mais gosta em Amsterdam.

Quem sai ganhando são vocês – um monte de dicas legais de quem mora na cidade. Obrigada, Ali 😉

Ali e eu num papo bom em Amsterdam

ONDE COMER EM AMSTERDAM: cafés, restaurantes, bares e cervejarias

Cafés

Eu amo café. Além de gostar de boas doses de cafeína na veia, eu trabalho como freelancer e, frequentemente, uso cafés como escritório pela cidade. O que me dá a chance de conhecer (e compartilhar!) os lugares mais legais. Outra boa notícia é que a cultura de café tem crescido em Amsterdam. Hoje em dia, além de mais opções, os cafés estão muito melhores. Perfeito! Quais os meus preferidos?

Scandinavian Embassy

Eu gosto de uma pegada Nórdica e, apesar da Holanda está mais ao sul no mapa, acho que eles têm muito a ver. Scandinavian Embassy está no De Pijp, o bairro mais cool da cidade. A decoração é aquele minimalismo rústico que aquece a alma. E o cheiro de canela no ar do cinnamon roll fresquinho saindo do forno… hm, preciso falar mais? Meus preferidos são o café filtrado servido na jarrinha e o cinnamon roll, claro!

Bocca Coffee

O Bocca Coffee é outro café sensacional em Amsterdam. O ambiente é grande, espaçoso, e com aquele pique industrial lindão! Eles levam café à sério. São, ativamente, um coffee roaster, trazendo grãos de várias partes do mundo, torrando e criando os próprios blends. Sempre que vou lá, trago pra casa alguns pacotes de café para moer na hora e tomar. Se você ama café, Bocca Coffee é um “must visit”.

Rum Baba Bakery and Roastery

Essa dica é pra você que gosta de explorar lugares bem locais, fora do circuito turístico! O Rum Baba Bakery and Roastery fica no Oost (Leste da cidade), numa área que está ficando cada vez mais interessante (hipsterizada, cof cof!). Café impecável e um banana bread torrado com manteiga que é simplesmente imperdível!

Restaurantes

Assim como o cenário do café, a gastronomia de Amsterdam também está passando por uma transformação muito positiva nos últimos 5 ou 10 anos. Ter a oportunidade de explorar isso tudo no dia-a-dia é um prazer gigante. Mas não vou guardar essas dicas só para mim! Deixa eu te contar o que eu mais gosto? Mas antes, uma coisa importante: faça sempre reserva.

The Lobby Restaurant and Bar Nesplein

Esse é provavelmente o restaurante que eu mais vou em Amsterdam. Ele é espaçoso, mas intimista ao mesmo tempo. Decoração industrial, com jantar à luz de vela. Comida impecável a um preço justo. Ele funciona bem para um jantar casual com amigos, quanto para um momento mais romântico à dois! O brunch deles também vale muito à pena, aliás, mostrei a outra unidade do The Lobby nesse vídeo aqui.

d’Vijff Vlieghen

Ou “As Cinco Moscas”, em holandês. Juro que é muito mais apetitoso do que o nome sugere. Vai por mim! Esse é um restaurante holandês clássico, num prédio histórico do século 17. O ambiente é calmo e intimista e eles têm pinturas originais do Rembrandt nas paredes. Bafo!!! O menu muda de acordo as estações, mas eles sempre oferecem pratos típicos e ingredientes locais. Da última vez, comi um arenque delicioso de entrada!

Mr Porter

Se você gosta de carne, o Mr Porter é o lugar com o melhor steak que comi em Amsterdam. Mas na verdade, tudo o que eles servem é gostoso, até o sushi de entrada é bom! No topo do lindo Hotel W, bem central, a vista para os telhadinhos holandeses é linda. Mas admito que meu lugar favorito é o balcão de frente para a cozinha, só pra assistir aquele ballet gastronômico de camarote. O bar deles também é ótimo!

Bares e Cervejarias

Aaah, as cervejas e bares de Amsterdam! Eu estive por muito tempo numa fase mais cerveja. Agora, estou num momento “drinks”. Ainda curto tomar uma cerveja vez ou outra, mas drinks são meus favoritos (ao menos, por enquanto). Além dos bares do The Lobby e do Mr. Porter, vou indicar mais dois lugares imperdíveis para você:

Proeflokaal Arendsnest

Do lado da Bélgica e num país em que, historicamente, cerveja era um jeito de transformar água em bebida potável, digamos que a cultura da cerveja aqui é forte. Eu sempre gosto de ir no Arendsnest, que é um bar bem pequeno, normalmente lotado, e com a maior seleção de cerveja local da cidade. Eles só têm cerveja holandesa. São 52 cervejas diferentes no tap e mais de 100 na garrafa. Todas HOLANDESAS! As minhas favoritas são Jopen Extra Stout no frio e Snab Pale Ale no calor (mas claro que você pode – e deve – provar as duas em qualquer estação!)

Admito que nos meus primeiros anos de Holanda, eu frequentava este bar semanalmente. Conhecia os atendentes pelo nome e acho que 50% do meu curso de holandês aconteceu nesse balcão, haha!

Rosalia’s Menagerie

Se o seu negócio são drinks impecáveis, vai conhecer o Rosalia’s Menagerie! Eles ficam bem no centro, mas numa portinha pequena e escondida. Lá dentro, você se sente dentro de uma sala de estar, com tapetes, sofás e aquele pique super aconchegante, ótimo para ficar horas papeando e bebendo. Eu adoro os clássicos: negroni, martini! Mas converse com o bartender, que eles sempre tem sugestões boas! Ah, eles também tem jenever (se fala “ieneifer”), um gim holandês bem tradicional!

VEJA AQUI TODOS OS POSTS DA HOLANDA

O que fazer em Amsterdam em 4 dias: dicas e roteiro completo

O que fazer em Amsterdam em 1 dia: dicas e roteiro completo

Onde ficar em Amsterdam: melhor bairro, hostels e hotéis

Viajar sozinha para Amsterdam: o que fazer

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto[/button] [button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button] [button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$130[/button]

O que fazer em Amsterdam em 4 dias: dicas e roteiro completo

A boa notícia é que Amsterdam em 4 dias é o tempo ideal mínimo para conhecer a cidade. Vai dar tempo de você conhecer as principais atrações e ainda observar a cidade do jeito que ela tem que ser vista.

Andar, andar, andar

O que tem de mais gostoso para fazer em Amsterdam é caminhar pelas ruas, observar o movimento e o que tem de diferente na cidade. Por isso é bom você não encher o seu itinerário de coisas para fazer. Conte esse momento da caminhada.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Segunda vez em Amsterdam e a impressão é a mesma. . Acho uma cidade super charmosa e os dias aqui estão sendo muito legais! Mas a minha maior pira é achá-la escura. Talvez seja por essas casas tortas enormes em tons mais sóbrios e… escuros (algum arquiteto me explica?) Não é um defeito ou crítica, é só uma visão que tenho e queria compartilhar com vocês. . No meio dessa “escuridão” tem um monte de lojinhas fofas, brechós, cafés e restaurantezinhos. Tem muita arte e cultura 🖤 E à noite a cidade vira outra: mais escura ainda, cheia de luzinhas charmosas e muito louca com as mulheres da red light. Você tá ali andando numa boa e oops, uma mulher seminua na janelinha vermelha (quase nunca sensualizando, muitas vezes só entendiada mexendo no celular). Os restaurantes e bares ficam lotados e tudo fecha à 1 da manhã. Nossa piada aqui é “hoje ninguém segura, a gente vai atéééé 1 da manhã” 😁 . Mas vc não quer ter a visão de turista? Então esquece tudo isso que eu falei e vai pra fora do centro. A cidade é outra (mais clara, inclusive). Mas eu ainda prefiro ficar no centro… #AmandaViajaAmsterdam @klm

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

Onde ficar em Amsterdam: hotéis e hostels

Não deixe de ficar bem localizado em Amsterdam – o que significa no centro. Isso vai fazer toda a diferença na hora de programar um roteiro de Amsterdam em 4 dias. Abaixo você encontra algumas sugestões de lugares para você se hospedar. Mas aqui você tem um post completo com uma lista enorme de hotéis e hostels.

Park Plaza Victoria: localizado em frente à estação central, reformado recentemente e com quartos bem confortáveis. Veja mais informação e preços aqui.

Hostel St Christopher’s at the Winston: ótima opção para quem quer fazer amigos em Amsterdam e ficar num hostel legal ao mesmo tempo. O St Christopher não decepciona. Fica bem localizado, próximo à estação de trem e red light district. Veja mais informações e preços do hostel aqui.

Veja aqui uma lista completa de hotéis e hostels.

Prefere Airbnb?

Se você ainda não é inscrito, inscreva-se clicando aqui e ganhe R$130 de desconto na sua primeira reserva. Eu fiquei num airbnb para 6 pessoas (3 camas de casal). Mas infelizmente a dona do apê já tirou o link do ar 🙁

Hostel St Christopher’s at the Winston

ROTEIRO

O que fazer em Amsterdam em 4 dias

DIA 1:

  • Passeio de barco pelos canais de Amsterdam: Eu considero o passeio mais legal de Amsterdam porque você consegue ter uma visão geral da cidade e ainda especial. Você vai flutuar pelos canais e conhecer pontos e prédios importantes da cidade. Meu programa favorito! Você pode reservar seu passeio aqui.
  • Red Light District: o bairro é famoso pelas prostitutas semi-nuas na janela (na maior parte das vezes entediadas, algumas mexendo no celular – isso é o que eu acho mais legal de ver pelo bairro, a real das prostitutas). É possível ver esta “atração” durante o dia, mas é à noite que o movimento fica maior. E pode ficar tranquilo que é tudo super seguro. Faz parte da cidade, tem que incluir no seu roteiro de Amsterdam em 4 dias.

Veja aqui um post com roteiro completo de apenas 1 dia em Amsterdam.

DIA 2:

  • Casa da Anne Frank: é a casa onde Anne Frank escreveu o seu diário. Lá você consegue encontrar o próprio e ainda conhecer o seu quarto e outros objetos pessoais.
  • Passar num dos coffeeshops para conhecer: Estão espalhados pela cidade todas. Mas o meu favorito é o Dampkring Cofeeshop (Endereço: Handboogstraat 29). Achei mais claro, ambiente mais bacana e os funcionários são bem legais (até gravei um vídeo para o meu canal do youtube lá. Coloco o link do vídeo aqui assim que sair). Também descobri só depois que uma cena d o filme ’12 homens e outros segredo’ com Brad Pitt e George Clooney também foi gravada lá.

DIA 3:

  • Museu Rijksmuseum: Eu acho que dá pra dizer que é o principal museu de Amsterdam. O prédio é lindo, reformado e com um acervo enorme de pinturas antiguíssimas do século 17 e obras asiáticas. Compre ingressos antecipados aqui para evitar filas.

DIA 4:

  • Museu Van Gogh: Nele você vai encontrar o maior acervo do mundo do artista. Se você gosta de arte e museus, o programa é imperdível. Compre ingressos antecipados aqui para evitar filas.

Tem tempo sobrando? Vá para Harleen

Se você conseguiu otimizar Amsterdam em 4 dias aqui vai mais uma sugestão. Harleen é uma cidadezinha que fica a apenas 15 minutos de trem de Amsterdam. Lá você também vai encontrar canais e provavelmente uma cena mais holandesa do que na super turística Amsterdam. Lá você vai encontrar paisagens com os famosos moinhos de catavento holandeses, uma rua cheia de lojinhas e um centrinho bem fofo.

Como chegar: existem trens de hora em hora partindo da estação central de Amsterdam nas linhas 1 e 2. O último trem partindo e chegando de Herleen é à 1 da manhã. A viagem não leva mais de 20 minutos. Antes de ir até a estação, consulte o google maps para verificar o horário exato do próximo trem.

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto[/button] [button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button] [button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$130[/button] [button link=”https://www.rentcars.com/pt-br/?requestorid=899″ icon=”road” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x[/button]

O que fazer em Amsterdam em 1 dia: dicas e roteiro completo

A boa notícia é que dá pra você fazer bastante coisa em Amsterdam em 1 dia. É super fácil ir do aeroporto pra lá e também super fácil andar pela cidade já que a estação central é bem localizada.

Abaixo você encontra algumas dicas da cidade e um roteirinho de 1 dia em Amsterdam 😉

DICAS IMPORTANTES

Conexão de 1 dia em Amsterdam

É super comum estar num voo que faz conexão de 1 dia em Amsterdam, principalmente se você estiver voando de KLM – a companhia aérea holandesa que voa para diversos países do mundo. O bom é que mesmo em 1 dia, você consegue aproveitar a cidade. Numa viagem à China voando de KLM, optei por uma conexão longa, de 12 horas pela cidade e consegui conhecer várias coisas e ter uma boa noção de como é a cidade.

Como ir do aeroporto Schipol até o centro de Amsterdam

O Schipol é um aeroporto super organizado e você consegue encontrar facilmente a estação de trem que sai do aeroporto para a cidade. Os bilhetes custam pouco mais de 5 euros e o trem deixa você super bem localizado, na estação central (Amsterdam Centraal). De lá você tem acesso a pé a diversas atrações de Amsterdam. A viagem de trem dura em torno de 20 minutos. Na hora de voltar para o aeroporto, basta tomar o trem de volta na estação central. Tranquilo mesmo para quem faz roteiro de Amsterdam em 1 dia.

Dica de hotel em Amsterdam para uma noite

Perto do aeroporto: Eu fiquei no ibis Style e foi ótimo! Hotel super moderno, limpo, com restaurante e você pega o transfer gratuito do aeroporto para o hotel e vice-versa. Perfeito para quem vai passar só 1 dia em Amsterdam e precisa de um ligar para dormir. Além de tudo, era o melhor preço dos hotéis por perto do aero. Consulte aqui preços e outras informações.

Na frente do aeroporto (só atravessando a calçada) você encontra um Mercure. Mas o valor pode ser mais alto que o ibis.

Na cidade: Dá uma olhada no Pulitzer Amsterdam.

Aqui também tem uma lista completa de hotéis e hostels para ficar na cidade.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Segunda vez em Amsterdam e a impressão é a mesma. . Acho uma cidade super charmosa e os dias aqui estão sendo muito legais! Mas a minha maior pira é achá-la escura. Talvez seja por essas casas tortas enormes em tons mais sóbrios e… escuros (algum arquiteto me explica?) Não é um defeito ou crítica, é só uma visão que tenho e queria compartilhar com vocês. . No meio dessa “escuridão” tem um monte de lojinhas fofas, brechós, cafés e restaurantezinhos. Tem muita arte e cultura 🖤 E à noite a cidade vira outra: mais escura ainda, cheia de luzinhas charmosas e muito louca com as mulheres da red light. Você tá ali andando numa boa e oops, uma mulher seminua na janelinha vermelha (quase nunca sensualizando, muitas vezes só entendiada mexendo no celular). Os restaurantes e bares ficam lotados e tudo fecha à 1 da manhã. Nossa piada aqui é “hoje ninguém segura, a gente vai atéééé 1 da manhã” 😁 . Mas vc não quer ter a visão de turista? Então esquece tudo isso que eu falei e vai pra fora do centro. A cidade é outra (mais clara, inclusive). Mas eu ainda prefiro ficar no centro… #AmandaViajaAmsterdam @klm

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

ROTEIRO

O que fazer em Amsterdam em 1 dia

Um dia é pouco para Amsterdam, mas às vezes é o que você tem – seja pela conexão ou pelo seu roteiro na Europa. Portanto, abaixo eu destaco os principais programas da cidade.

1. Passeio de barco pelos canais de Amsterdam

Pra mim esse é o passeio mais imperdível de Amsterdam não importa quantos dias você fique pela cidade. Se tiver que escolher um só programa para Amsterdam em 1 dia, acho que você tem que escolher esse aqui. Ele é legal porque te dá uma visão geral da cidade e ainda conta a história de alguns prédios históricos e outros pontos. É nesse momento que você vai cair de amores pela cidade. Se quiser comprar ingresso antecipado, é só clicar aqui.

 

Visualizar esta foto no Instagram.

 

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

3. Passar num dos coffeeshops (pode ser só pra conhecer, tá? Não tem problema)

A maconha é tolerada em Amsterdam (não legalizada). E os coffeeshops são lugares especiais para você fumar ou experimentar algum produto feito de maconha (dá pra comprar até 5g/dia e levar pra casa também). Existem diversos coffeeshops espalhados pela cidades, com as mais diferentes vibes. Não vai ser difícil você encontrar um. Na primeira vez que estive na cidade, a experiência foi um pouco decepcionante – achei escuro, clima meio dark, parecendo que eu estava dentro de uma garagem suja. Mas vá conhecer e depois me conta o que você achou. Mesmo fazendo Amsterdam em 1 dia, você consegue dar uma passada por lá já que os coffeeshops ficam abertos o dia todo

O Bulldogue é o mais famoso de todos e possui várias unidades. Mas o que eu mais gostei de conhecer foi o Dampkring Cofeeshop (Endereço: Handboogstraat 29). Achei mais claro, ambiente mais bacana e os funcionários são bem legais (até gravei um vídeo para o meu canal do youtube lá. Coloco o link do vídeo aqui assim que sair). Também descobri só depois que uma cena d o filme ’12 homens e outros segredo’ com Brad Pitt e George Clooney também foi gravada lá.

Outros cofeeshops famosos para você conhecer:

  • Greenhouse Coffeeshop (Centrum Oudezijds Voorburgwal, 191) – é cheio de fotos de famosos que já passaram por lá e também já teve maconha premiada
  • The Grasshopper Cofeeshop (Oudebrugsteeg 16) – Um cofeeshop enorme, de três andares e que fica bem em destaque, principalmente à noite. É perto do Red Light District.
  • Amnesia (Herengracht 133) – Fica na frente de um canal de Amsterdam e é beeeem tranquilão. Clima bom, sem muita gente. Bem normalzinho quando comparado a outros cofeeshops.

4. Voltinha pelo Red Light District

É aquele bairro que certamente você já ouviu falar onde as prostitutas ficam seminuas nas janelas quase dançando (‘quase’ porque na verdade elas parecem bem entediadas, algumas até mexendo no celular). Mas é um marco de Amsterdam – tem que ver. Na minha primeira vez pela cidade (passando também só 1 dia em Amsterdam, numa conexão) eu pude ver algumas nas janelas na luz do dia. Mas a “atração” mesmo acontece mais durante a noite. E não se preocupe: é super tranquilo de andar pelo bairro tanto de dia como à noite e também é rápido. Portanto, dá para você incluir no seu roteiro de Amsterdam em 1 dia.

Prefere museu? Escolha um da lista e substitua pelos programas acima.

Museu leva um tempo para conhecer. Mas se você fizer questão, faça substituições no roteiro de Amsterdam em 1 dia e aproveite!

  • Rijksmuseum: Talvez o principal museu de Amsterdam, tem uma arquitetura incrível e com um acervo enorme de pinturas antiguíssimas do século 17 e obras asiáticas. Compre ingressos antecipados aqui para evitar filas.
  • Museu Anne Frank Huis: A casa onde Anne Frank escreveu seu diário. Lá você encontra o seu quarto e o próprio diário. Procure pela foto do Peter Schiff que ela chamava de “único e verdadeiro amor”.
  • Museu Van Gogh: É aqui que está a maior coleção das obras de Van Gogh no mundo. Ou seja, museu especialíssimo. Compre ingressos antecipados aqui para evitar filas.

Foto de capa: Pedro Serra

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto[/button] [button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button] [button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$130[/button] [button link=”https://www.rentcars.com/pt-br/?requestorid=899″ icon=”road” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x[/button]

Onde ficar em Amsterdam: melhor bairro, hostels e hotéis

Já aviso: hospedagem em Amsterdam é caro. Mas não faltam lugares legais para ficar na cidade. Abaixo você encontra uma lista dos melhores hostels e hotéis para ficar em Amsterdam que vão tornar a sua viagem mais especial.

Onde ficar em Amsterdam: bairros

Na verdade o ideal é que você fique no centro da cidade. Vai pagar mais caro? Vai. Mas não compensa ficar mais longe. Amsterdam é legal para você andar de dia e também à noite e se você ficar longe, não vai conseguir ir e voltar da cidade com tanta facilidade. Além disso, cada viagem de trem são 3 euros…

Hostel em Amsterdam

Ecomama – o sustentável

Um defensor de viagens responsáveis e conscientes, o Ecomama é um hostel ecológico que convida os hóspedes a se conectarem, compartilharem e sonharem no coração da cidade. Os espaços comuns do Ecomama são encantadores, com uma tenda que se transforma em um aconchegante teatro alternativo por algumas noites todas as semanas.
A filosofia desta pousada inclui que tudo seja feito de materiais reciclados: há um sistema de economia de água, telhado verde e um sistema de aquecimento de pedra natural. A recepção também doa € 1 por cada noite que você ficar para a caridade. Opção bem sustentável para quem busca um lugar para ficar em Amsterdam.

Veja aqui preços e outras informações

Generator Amsterdam – um antigo zoológico

O Generator Amsterdam está instalado em um antigo prédio da universidade zoológica com vista para o icônico Oosterpark. Este não é apenas um dos melhores hostels de Amsterdam, mas também um dos maiores – pode abrigar até 500 pessoas. O enorme terraço ao ar livre e o café super descolado são os melhores lugares para relaxar depois de um dia de passeios. Tem também quartos privativos extravagantes, com janelas do chão ao teto.

Veja aqui preços e outras informações

Cocomama – o antigo bordel de 1930

Com um gato morador do hostel e um jardim nos fundos este hostel boutique é um dos mais charmosos para ficar em Amsterdam. Ele combina o estilo de um hotel com a socialização e preço de um hostel. O Cocomama é um refúgio aconchegante para ficar em Amsterdã. E, curiosidade: também foi um antigo bordel em 1930 chamado “Yab Yum” ?! Oferece quartos duplos, privados e dormitórios de 6 camas. Cocomama atende a todos os tipos de viajantes que procuram um lugar para ficar em Amsterdam.

Veja aqui preços e outras informações

Stayokay Amsterdam Vondelpark

Este hostel que mais parece um chalé tem vista para o maior parque da cidade de Amsterdam. É um dos maiores hostels da Europa e vem com um bom café da manhã gratuito. Além da ótima localização, também está a uma curta distância da Leidseplein, o moderno bairro de Amsterdã repleto de lugares para comer, beber e assistir a dança break acrobática.

Veja aqui preços e outras informações

 ClinkNOORD – um antigo laboratório dos anos 20

Localizado em um antigo laboratório dos anos 20 nas margens do rio IJ, o Clink Noord é um dos hostels mais legais para ficar em Amsterdã. Dentro dele tem até um bar/restaurante com menu desde hambúrgueres e pizzas a delícias tradicionais holandesas como Flammenkuchen e Bitterballen, KantineKITCHEN. Até menu vegano tem!

Veja aqui preços e outras informações

St Christopher’s at the Winston – para fazer amigos

Se você está procurando os melhores hostels de Amsterdam para conhecer pessoas, então pode ser que tenha encontrado. Localizado a 5 minutos da estação de trem ao Red Light District. Não há toque de recolher (o que é bom numca cidade que tudo fecha à uma da manhã), tem um bar movimentado e um “buffet de café da manhã gratuito que não dá para comparar com a maioria dos hostels por aí. Ótima opção de lugar para ficar em Amsterdam e fazer amigos.

Veja aqui preços e outras informações

Flying Pig Downtown – não é para todas as idades

Com jovens mochileiros de todo o mundo, eles não aceitam hóspedes com mais de 40 – ou menos de 16 anos. Hostel super especial para ficar em Amsterdam e fazer amigos. O hostel organiza passeios a pé e patinação in-line de graça, festas regulares e cerveja barata. Há filiais perto do Vondelpark e na praia de Noordwijk-aan-Zee – este último aberto todo o ano. Um serviço de translado gratuito leva os hóspedes entre a praia e os hostels da cidade de graça.

Veja aqui preços e outras informações

Winston Hotel

Agora parte da St. Christopher’s Inns, uma cadeia de hostels do Reino Unido, o lendário Winston ainda consegue manter sua atmosfera jovem e de festa. O hostel é decorado com estilo eclético e excêntrico por empresas e artistas locais e vai desde ilustrações monocromáticas da galeria Chiellerie até as explosões enlouquecidas dos quartos adolescentes do Gsus Heavens Playground. Os dormitórios estão disponíveis em quartos de seis ou oito camas, que são muito mais baratos. Há um bar no local.

Veja aqui preços e outras informações

Hotéis em Amsterdam

Meininger Amsterdam City West – o pet friendly

Poucos hotéis por aí são pet friendly e quando são, você já sabe que é legal. Pelo preço de 10 € por noite o seu amigo de quatro patas pode ficar com você no hostel. Além de receber esses viajantes, o Meininger oferece aos hóspedes do hotel acesso Wi-Fi gratuito, recepção 24 horas, cozinha, buffet de café da manhã e bar no local! Localizado bem perto da estação de trem Amsterdam Sloterdijk, Meininger é umas das melhores opções de hotéis para ficar em Amsterdam.

Veja aqui preços e outras informações

The Student Hotel Amsterdam City – o hotel descolado

Tem mesas de pingue-pongue, academia e sala de cinema de TED talks! Nós pensamos que as suítes com camas dos sonho podem ter algo a ver com isso! O Student Hotel é um vencedor se você quiser os luxos do hotel com um vibe “milenar” salpicado no topo.

Veja aqui preços e outras informações

Qbic Amsterdam WTC – líder em design

Um hotel líder em design, o Qbic WTC concentra-se em cores brilhantes e interiores limpos. Cada quarto está equipado com um chuveiro de efeito chuva super relaxante para o ajudar a descontrair após um longo dia a explorar a cidade. A equipe é acolhedora e está aqui para ajudá-lo a tirar o máximo proveito de sua visita a Amsterdam. 

Veja aqui preços e outras informações

The Hoxton – hotel de revista

É impossível ficar no The Hoxton sem sentir um desejo irresistível de levar cada parte dele para casa com você. Parece que o hotel saiu da revista Casa Vogue! Além disso, o hotel oferece bicicletas para dar uma volta pela cidade, um mapa no quarto que apresenta lugares para comer e beber nas proximidades e uma pequena sacola de café da manhã que fica pendurada na sua porta para aliviar a fome. Além disso, um detalhe: uma cabine de fotos que escondida no topo da escada em frente à entrada. Você pode não ser capaz de levar o lugar para casa com você, mas pelo menos você pode levar uma pequena lembrança. Excelente escolha para ficar em Amsterdam.

Veja aqui preços e outras informações

Amsterdam Marriott Hotel – para não errar

Bem ao lado dos pulmões verdes de Amsterdã – o Vondelpark – o Marriott já é conhecido. Este foi renovado recentemente com uma decoração amarelo suave e mobília moderna. Todos os 392 quartos agora vêm equipados com camas Revive, seis travesseiros, roupa de cama e edredons de luxo. Os banheiros também se tornaram sofisticados, com madeira de cerejeira e superfícies de granito e chuveiros em cascata.

Veja aqui preços e outras informações

Hotel Arena – um ex orfanato

Este edifício abrigava um orfanato antes de se transformar em um hotel moderno. Não é centralizado e por isso pode não ser bom para todo mundo. Mas se você estiver procurando um lugar mais calmo para ficar em Amsterdam, com certeza é uma boa opção. E pra você saber, o hotel conta com atividades mensais como o Salsa Lounge, com viés latino.

Veja aqui preços e outras informações

Park Plaza Victoria – bem localizado

Um hotel importante na cidade, o Victoria foi recentemente decorado; as áreas comuns (incluindo lobby e bar) deste hotel de 300 quartos agora parecem muito elegantes, decoradas com tons de marrom, creme e vermelho. Os quartos são de bom tamanho e vêm com todos os aparatos esperados. Uma grande vantagem é o excelente health club e piscina, ambos abertos a não-hóspedes por uma taxa. Outra super vantagem: a localização. O hotel fica em frente à Centraal Station. Excelente escolha para ficar em Amsterdam.

Veja aqui preços e outras informações

Mövenpick Hotel Amsterdam City Centre

Grande, alto e glamouroso, este hotel listrado e colorido é novinho em folha e uma excelente base para explorar o Waterfront e o Noord nas margens opostas. Os quartos são decorados em cinzas suaves e marrons; os mais caros concedem acesso a um lounge executivo – incluindo coquetéis gratuitos – e têm excelentes vistas dos cruzeiros que cruzam as águas ou sobre os telhados da cidade

Veja aqui preços e outras informações

 

Foto de capa: Pedro Serra

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto[/button] [button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button] [button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$130[/button] [button link=”https://www.rentcars.com/pt-br/?requestorid=899″ icon=”road” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x[/button]