• Menu
  • Menu

Tag - Cusco

Machu Picchu e Cusco: guia completo com tudo o que você precisa saber

E aí você quer conhecer Machu Picchu e está cheio de dúvidas sobre como realizar esse desejo?

Vou contar aqui a minha experiência nessa viagem que fiz sozinha, com dicas baseadas no que vivi por lá e que podem te ajudar com algumas dúvidas.

 

Qual é a melhor época para ir a Cusco e Machu Picchu?

Cusco e Machu Picchu tem climas diferentes. Cusco é mais fria e mais alta e Machu Picchu é mais baixa e mais quente. Mas independente disso, a melhor época para visitar os dois é na época de seca: de maio a outubro.

IMPORTANTE: O dias mais frios do ano em Cusco são de 15 a 25 de junho (que é quando acontece o solstício de inverno). Portanto evite viajar durante esses dias.

Quando ir para Machu Picchu?

Maio a outubro: época mais seca de Machu Picchu, sem chuvas.

Junho, julho e agosto: alta temporada e Machu Picchu fica lotada, porém seca.

Novembro a fevereiro: época de chuvas. Não recomendo (lembra quando vários turistas ficaram ilhados em Machu Picchu? Era em janeiro).

Quantos dias para conhecer Cusco e Machu Picchu?

4 dias inteiros são suficientes, porém apertados. 5 dias é o ideal porque chegar lá é demorado, não existe voo direto. Então coloca umas 5 horas para Lima e mais 1 hora para Cusco, sem contar o tempo que você vai ficar esperando no aeroporto de Lima. Além disso, não existe só Machu Picchu para visitar. Existem outros lugares incríveis que você tem que conhecer como o Valle Sagrado e ainda dar umas andadas por Cusco.

Machu Picchu Amanda Viaja
Cusco vista de cima. Encontre aqui seu hotel em Cusco!

Precisa de passaporte para ir ao Peru?

Não. Para viajar na América do Sul você só precisa de RG. Mas, se você tiver passaporte eu recomendo que você leve o passaporte pois na entrada do parque de Machu Picchu você pode pegar um carimbo especial do parque no seu passaporte. Não vale nada, só a lembrança.

Precisa de carteira de vacina da febre amarela para ir ao Peru?

Não precisa.

Seguro viagem para o Peru e Machu Picchu

É recomendável que você contrate um seguro viagem para ir a Cusco ou Machu Picchu. Algumas pessoas passam mal com a altitude ou com a comida – não é incomum e já vi algumas delas terem que chamar um médico. Por isso recomendo que você faça uma cotação no nosso site parceiro onde você vai encontrar quase todos os seguros disponíveis no mercado para o Peru. Faça uma cotação clicando aqui.

Voos para Cusco e Machu Picchu: como comprar passagens

O preço normal da passagem para o Peru é em torno de R$1500. As promoções (passagens mais baratas do que isso) geralmente acontecem para viajar fora da alta temporada, ou seja, viajar a partir de setembro até dezembro.

Para visitar Machu Picchu, você vai precisar comprar passagens de avião para Cusco. E como não existe voo direto para Cusco, você terá que fazer uma conexão em Lima. Então fica assim:

Ida: Do Brasil a Lima —> Lima —-> Cusco

Volta: Cusco —> Lima —> Brasil

Dá para você ficar uns dias em Lima se preferir (1 ou 2 dias inteiros são suficientes).

 

Onde ficar em Cusco: hotéis e hostels

A escolha da hospedagem em Cusco é bastante importante. É um lugar rústico e que faz frio. Portanto um pouquinho de conforto vai bem.

Dicas importantes sobre onde ficar em Cusco:

  • Escolha uma hospedagem próxima da Praça das Armas.
  • Se você não gosta de ladeiras, preste mais atenção ainda à localização. Cusco é cheia e sobe e desce e na altitude, pode ser mais cansativo.
  • Leia todos os reviews antes de reservar o hotel. Cusco tem um probleminha de falta de chuveiro quente…

HOSTELS EM CUSCO

Loki Hostel: é o mais animado de Cusco e super bem localizado onde eu me hospedei a primeira vez que viajei para lá. Como viajei sozinha, meu objetivo era conhecer pessoas e… bingo! Deu certo! Não fiquei nem um minuto sozinha (and, foi lá que conheci meu namorado <3). Leia mais aqui sobre a minha estadia no Loki.

Pariwana Hostel: Um hostel bastante legal também e com uma vantagem em cima do Loki – não fica numa ladeira. Também é bem localizado, próximo à Praça das Armas.

HOTÉIS EM CUSCO

Wayna Inka Cusco: o primeiro hotel que eu fiquei. Super honesto, bom atendimento, quartos com tudo novo e limpinho. Além disso, chuveiro quente.

Wayna Inka Classic: primo do Inka Inn, é igualmente confortável e aconchegante. Precinho honesto de três estrelas, com café da manhã e bom atendimento.

 

 

Como ir do aeroporto de Cusco até o hostel/hotel

Geralmente, quando você faz a reserva o hostel/hotel oferece um serviço de transfer para te pegarem até o aeroporto. Na primeira vez que eu fui, o Loki ofereceu por U$5, que é o preço justíssimo. Eu vacilei, não aceitei e acabei pagando U$20 por um táxi no aeroporto (um roubo).

Como se locomover em Cusco

Táxi, que não tem taxímetro, mas é super barato – em média 5 soles para rodar a cidadezinha (mas isso você negocia com o taxista). E para os passeios turísticos, você pode utilizar uma agência que venda e faça o transfer para os pontos turísticos.

Tem Uber em Cusco também. Mas sai um pouco mais caro do que o táxi de 5 soles.

Quanto levar de dinheiro para o Peru

A moeda do Peru é o novo sol. A relação reais para soles (a moeda local) é de 1 sol = 0,78 reais (valor de junho de 2019. Pela primeira vez vejo o real desvalorizado frente ao dólar).

Abaixo eu coloco alguns gastos estimados para você ter uma ideia de quanto as coisas custam por lá:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Mas vamos ao que interessa – como são os gastos numa viagem Cusco/Machu Picchu? Pela primeira vez estou vendo o real desvalorizado frente ao sol (R$1= 0,78 soles). Portante NESTE MOMENTO está compensando mais trazer reais do que dólares (US$3,32). Mas tem que consultar sempre. Sabe que o câmbio varia, né? Agora olha quanto as coisas estão custando em média por aqui: . Ingresso para todos os passeios em Cusco e arredores: 130 soles. Ingresso Machu Picchu: 130 soles. Trem para MP saindo de Cusco: US$100 (depende do horário). Rainbow Mountain: 90-200 soles. Humantay: 90-200 soles. Refeições: 60 soles. Chip Claro de 3gb: 35 soles. Balada: entrada gratuita. Cerveja Cusqueña: 10 a 15 soles. Táxi: 5 soles (tem uber também, mas achei mais caro). . A minha recomendação é levar US$30/dia para refeições e comprinhas (tirando passeios e hospedagem). Dependendo do seu perfil de viajante dá e sobra 😉 #AmandaViajaPeru

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

*Atenção: Os gastos podem variar de acordo com as suas preferências e época do ano. Os valores do post são referentes à viagem que fiz em junho/2019.

Os meus gastos foram em torno de US$30/dia apenas para compra e refeições. Some a isso:

  • o valor da sua hospedagem
  • o valor do boleto turístico (em torno de US$30)
  • pagamento do transfer e guia que vai te levar aos pontos turísticos (cusco + pisac + valle sagrado = US$30 cada)
  • guia + transfer da Rainbow Mountain (se você for fazer: US$30 incluindo guia + transfer + ingresso)

(não precisa somar seu ingresso de machu picchu e do trem porque você já vai ter comprado aqui no Brasil, né? Então não vai precisar levar esse dinheiro)

Veja um post completo sobre quanto custa viajar para Machu Picchu aqui.

Qual moeda levar para o Peru? Dólar, sol ou real?

A moeda do Peru é o sol. Pela primeira vez o real está desvalorizado frente ao sol e por isso está compensando mais levar reais invés de dólares (dado de junho de 2019).

Em Cusco você está trocando dinheiro assim: 1 sol = R$0,78 e o dólar está US$3,32.

Para saber se no momento da sua viagem compensa mais levar dólares ou reais, você deve descobrir qual está sendo a cotação do sol e por quanto estão comprando as moedas lá no Peru.

Informações importantes:

  • a melhor casa de câmbio em Cusco é a Western Union na Praça das Armas
  • é difícil encontrar soles no Brasil para levar, mas se você achar a cotação pode ser bem ruim
  • Sobrou dólar? Não tem problema. Guarda pra próxima viagem.

BOM SABER: Não importa se você está pagando em dólar ou real qualquer coisa no Peru – o troco vai ser sempre em soles.

Dá para viajar para Cusco e Machu Picchu sem falar espanhol?

O idioma no Peru é o espanhol. Nos hostels/hotéis eles falam inglês também pois há muitos gringos trabalhando por lá. Mas se você não fala nem espanhol e nem inglês, não se preocupe. O portunhol é bem aceito.

Precisa agendar os passeios com antecedência?

Não, todos os passeios você contrata em Cusco (veja abaixo como). Com exceção de Machu Picchu – esse é recomendado que você compre o ingresso do parque e do trem com antecedência, ainda no Brasil (veja nos tópicos abaixo como fazer isso).

Como fazer os passeios em Cusco e Machu Picchu

PASSEIOS EM CUSCO: o que é o boleto turístico

O bom é que a própria agência te ajuda a programar o seu itinerário (veja mais informações sobre esse assunto neste post).

É um pacote de passeios vendido em toda esquina ou hostel/hotel de Cusco. Ele já inclui todos os passeios em Cusco (com exceção de Machu Picchu). Para obter o transporte para os lugares do boleto turístico, o ideal é que você contrate uma agência que ofereça transporte (e de quebra, vai um guia junto). Apesar de parecer meio careta essa coisa do guia (eu também não gosto), ele é MUITO importante em Cusco pra você conhecer tudo. Todo mundo faz os passeios através desse boleto e ele vale para todos os dias que você ficar na cidade. É só você escolher que passeio quer fazer no dia.

Então faz assim: vá até uma agência de Cusco, compre o boleto turístico (130 soles) e já contrate transporte (que inclui guia) para você. O bom é que a própria agência te ajuda a programar o seu itinerário. Qual agência eu recomendo: Qorianka tours

 

COMO COMPRAR O INGRESSO PARA MACHU PICCHU

Eu recomendo muito que você compre o ingresso com antecedência para garantir o seu lugar no parque na data planejada. O número de visitantes por dia é limitado, por isso é importante se planejar. Não é possível comprar o ingresso na entrada do parque, somente em Cusco ou através do site. Eu fiz um post explicando bem direitinho como comprar o ingresso e quais são as opções e valores.

 

COMO CHEGAR EM MACHU PICCHU

Você precisa entender: Machu Picchu fica, na verdade, numa cidade chamada Aguas Calientes, a 3 horas de Cusco. Você chega em Aguas Calientes de duas formas:

1) Trem. Pode pegar um trem bem cedo, que leva 3 horas, direto para Aguas Calientes. Então visita o parque de Machu Picchu e volta no mesmo dia (foi o que fiz na primeira vez que eu fui). Ou pode ir de trem à noite para Aguas Calientes, dormir lá, visitar o parque no dia seguinte pela manhã e voltar de trem para Cusco. Não tem nada para fazer em Aguas Calientes além de uns restaurantezinhos, mas quem deseja fazer a trilha de Huayna Picchu essa opção é important para chegar lá logo cedo.

2) Ônibus do boleto turístico + trem. Quando você contrata os passeios do Boleto Turístico que você compra em Cusco, ele inclui o Vale Sagrado, que fica no caminho entre Cusco e Aguas Calientes (veja mapa abaixo). Você pode pegar o ônibus do transfer fazendo os passeios até o Vale Sagrado (que fica na cidade de Ollantaytambro) e de lá pegar um trem para Aguas Calientes onde vai dormir, visitar Machu Picchu no dia seguinte pela manhã e voltar para Cusco de trem. Ou seja:

           Cusco a Ollantaytambo (Valle Sagrado) de transfer do boleto turístico —–> Ollantaytambo a Aguas Calientes de trem (dorme aqui) —-> visita Machu Picchu —–> volta no mesmo dia de trem para Cusco.

Organize isso com a agência que você contratar para fazer os passeios por lá.

É melhor fazer bate e volta de Cusco a Machu Picchu ou dormir em Aguas Calientes?

O bate e volta vale a pena sim e é bem possível de fazer. Dá tempo tranquilamente para pegar um trem cedinho em Cusco e voltar à tarde. Na primeira vez que eu fui peguei um trem às 5h e voltei às 16h (foi até tempo demais e poderia ter voltado antes). Já a opção dormir em águas

A opção de dormir em Aguas Calientes é boa para quem planeja subir a Huayna Picchu (que tem que chegar cedinho) ou para quem decidiu chegar em Machu Picchu pela opção 2 aí em cima, utilizando busão até Ollantaytambo e depois trem pra chegar em Aguas Calientes. É só acordar cedinho no dia seguinte e ir pra Machu Picchu. De novo, recomendo você falar com uma agência local para eles ajudarem você a organizar isso (eu gosto da Qorianka tours).

 

COMO COMPRAR O TREM PARA MACHU PICCHU

Depois de comprar seu ingresso para o parque, compre o ticket do trem para Machu Picchu em uma dessas duas empresas: Inca Rail ou Peru Rail. Eu já usei as duas e ambas são boas iguais (me parece que agora a Peru Rail tem wi-fi para os viciados) – oferecem comidinhas e, dependendo do seu ingresso, ganha até uma garrafinha de vinho para tomar enquanto aprecia a vista. Quer um conselho? Vá por aquela na qual o ingresso esteja mais barato.

O preço varia de acordo com o dia, horário e tipo de trem (o vistadome e 360 são mais caros pois tem vidro no teto. Compensa o preço? Não acho. Já fui nos dois e o trem comum já tem uma janela gigantesca).

Bagagem trem Machu Picchu: Dentro do trem só é permitida uma bagagem de no máximo 5kg.

Tem que saber: Se for sair de Cusco, a estação é a Poroy (3 horas de viagem). Se for sair de Ollantaytambo, a estação é a Ollantaytambo (1 hora e meia de viagem). E a estação de Machu Picchu é a Machu Picchu (veja mapa abaixo).

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

O que fazer em Cusco à noite

Baladas em Cusco

Cusco é bem famosa pelas baladas. Se você tiver pique, pode aproveitar a noite de Cusco. Para entrar nas baladas você não paga nada e ainda pode ganhar drinks de graça. É possível ir de uma balada à outra na mesma noite – elas ficam bem próximas, todas ali coladas na Praça das Armas. Anota aí os nomes das mais famosas: Inka Team, Mama Africa e Chango.

Se você estiver ficando num lugar animado como o que eu fiquei (Loki Hostel), a festa começa ali mesmo, no bar do hostel. Depois todo mundo desce junto para a baladinha.

Existem alguns pubs ali na Praça das Armas também. Tem que ver qual é o seu clima.

Restaurantes em Cusco: onde comer

Balada não é a sua? Tá cansada? Não tem problema. Está cheio de restaurantes muito legais em Cusco: Cicciolina, Incanto, Don Tomás, Nuna Raymi são alguns deles. Selecionei alguns dos melhores restaurantes da cidade pra você conhecer.

O que levar na mala ou mochila para Cusco e Machu Picchu

As roupas mais confortáveis que você tiver, um tênis e, se possível, uma bota de hiking. Esqueça sandália, salto… esquece tudo isso porque lá não tem espaço para frescurite – nem pra balada você precisa disso. Lá venta e é seco pra caramba. Portanto você vai ficar o tempo todo com a sensação de que está “empoeirada” (meu cabelo ficava duro, engraçado).

A temperatura também não ajuda. Nas três vezes em que fui – fim de setembro, fim de maio e junho – eu passava o dia todo colocando e tirando blusa. Faz muito sol, mas venta muito. E à noite faz frio.

Dica: Não esqueça o protetor solar e um chapéu/boné. O sol, o frio e o vento queimam por lá. Vai por mim. 

Compras em Cusco: o que vale a pena comprar

É tudo provavelmente como você imagina: artesanato bonito e barato. Você encontra tecidos lindos, cerâmicas e artigos de decoração bem autênticos peruanos. Vale a pena comprar até prata – lá tem aos montes.

cusco-machu-picchu-amanda-viaja

Como evitar o mal de altitude em Cusco e Machu Picchu

Os principais sintomas são: dor de cabeça, ficar ofegante e enjoo. Mas uma coisa que você precisa saber é que não é todo mundo que sente o mal de altitude ou todos os sintomas juntos. Varia muito de pessoa para pessoa. Machu Picchu é um lugar baixo, então você não deve sentir nada. Mas em Cusco e, principalmente, na Rainbow Mountain é onde o bicho pode pegar.

  • evite tomar bebidas alcóolicas e comer comidas muito pesadas logo no primeiro dia. Esse foi um dos meus erros na primeira vez que cheguei a Cusco e quase desmaiei.
  • existe chá de coca em tudo que é lugar pela região. Pode tomar à vontade; o chá faz bem e não dá barato.
  • compre também um saquinho de folha de coca para mascar. Funciona assim: você coloca algumas no fundo da boca e fica mascando. Quanto mais tempo mascar, melhor.
  • tome muita água. Hidratar-se é uma das melhores coisas contra o mal de altitude.
  • existe um remédio chamado Diamox que funciona bem. Para que ele seja mais eficaz, comece a tomar já no Brasil regularmente antes da sua viagem (consulte um médico, tá)
  • álcool gel: bastante eficiente principalmente para dores de cabeça. Coloque um pouco na palma da mão, esfregue uma mão na outra, coloque-as tampando sua boca e nariz e inale pelo nariz. A dor de cabeça passa na hora.

Neste post você encontra mais informações a respeito de como evitar o mal de altitude.

 

machu picchu

VEJA AQUI TODOS OS POSTS DO PERU

Onde ficar em Cusco: os melhores hotéis e hostels

Onde comer em Cusco: os seis melhores restaurantes

Boleto turístico de Cusco: como funciona para fazer os passeios

Mal de altitude: como evitar

Rainbow Mountain no Peru: tudo o que você precisa saber

5 erros que cometi na minha viagem ao Peru

Quanto custa conhecer Machu Picchu

Compras em Cusco: o que vale a pena comprar

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto[/button] [button link=”https://www.viajeconectado.com/?utm_medium=parceirospromo&pcrid=558&utm_source=site-blog&ref=parceirospromo” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]CHIP DE CELULAR
internet ilimitada[/button][button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button][button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$179[/button]
onde ficar em cusco

Onde ficar em Cusco, Machu Picchu e Vale sagrado: melhores hostels e hotéis

Se você ainda não sabe onde ficar em Cusco, preparei uma lista com as melhores opções de hospedagem. Tem desde hotel e hostel bom e barato até àqueles onde você vai precisar abrir mais o bolso.

Onde ficar em Cusco: hostel bom e barato

Loki Cusco Hostel

Meu primeiro lugar de hospedagem em Cusco, onde conheci meu namorado e hostel pelo qual tenho um carinho enorme. Eu já falei mais extensamente sobre a minha experiência durante essa estadia no Loki Hostel. Mas vamos ao que interessa: eles têm um bar enorme no quintal onde rolam muitas festas. Além disso, tem rede pra deitar, mesa de ping-pong e o quarto privado é bem limpinho com banheiro privado. No hostel você também pode agendar seus passeios. A localização é boa – o único porém é que você tem que subir uma ladeira pra chegar lá. Mas eu adoro <3 Pra mim é uma ótima opção para ficar em Cusco.

Party hostel em Cusco: Loki Hostel
Faça sua reserva no Loki Hostel, clicando na foto!

Millhouse Hostel

  • Café da manhã grátis
  • Bar e café no local
  • Terraço ao ar livre

O Millhouse é o melhor hostel para nômades digitais. Dá para trabalhar em uma rede no pátio até tomando um solzinho. Além disso, o Milhouse está sempre nas listas de lugares onde ficar em Cusco.

Área de convivência no Millhouse Hostel em Cusco
Clique na foto para reservar sua estadia no Millhouse!

Supertramp

  • Café da manhã grátis
  • Bar e café no local
  • Tours & Balcão de turismo

Um dos melhores hostels em Cusco é o Supertramp. Ele tem tudo: o melhor café da manhã, wifi de graça no prédio todo, nada de toque de recolher e a possibilidade de check out tardio. Cada dormitório tem seu próprio banheiro, portanto, há pouca fila para o banho pela manhã. Os dormitórios são bem iluminados e espaçosos, e as camas são muito confortáveis. Se você estiver interessado em conhecer novas pessoas, o Supertramp é O lugar onde ficar em Cusco.

Fachada do Supertramp Hostel em Cusco
Clicando na foto, você pode fazer sua reserva no Supertramp!

Pariwana Hostel

  • Café da manhã grátis
  • Bar no local
  • Tours & balcão de turismo

Quando se fala sobre onde ficar em Cusco bem e barato, o Pariwana não pode faltar entre as recomendações. É um albergue diferenciado, oferecendo um café da manhã gratuito, bebida barata no Bar Funky e WiFi em todos os cantos do prédio. É um albergue altamente recomendado em Cusco. Os viajantes raramente dizem algo ruim sobre o lugar.

Hostel Pariwana em Cusco
Faça sua reserva no Pariwana, clicando na foto!

Ecopackers Hostel

  • Bar no local
  • Terraço ao ar livre
  • Lockers de segurança

Ecopackers é o melhor albergue para quem viaja sozinho. Por ser muito popular entre os mochileiros, há sempre muitas pessoas para conhecer. O terraço ao ar livre é lindo e fica aberto até tarde da noite. Se você e a galera que acabou de conhecer quiserem beber no final do dia, pode ficar à vontade. Os dormitórios são limpos e super espaçosos. Bem avaliado nas listas de onde ficar em Cusco.

Pátio do Ecopackers Hostel em Cusco
Clique na foto para reservar um quarto no Ecopackers!

Hospedaje Turistico Recoleta

  • Café da manhã grátis
  • Bar e Café no local
  • Instalações de cozinha

Recoleta é outro albergue superior em Cusco para quem viaja sozinho. Sempre ocupado, mas nunca lotado, a Recoleta é amada por todos que se hospedam lá e é fácil perceber porquê. A equipe é incrivelmente simpática e muito prestativa. Você é acolhido e instantaneamente se sente à vontade. Para quem viaja sozinho e gosta de um albergue descontraído, amigável e divertido, sem ter muita festa, a Recoleta é o lugar ideal onde ficar em Cusco.

Varanda do Hospedaje Recoleta
Ao clicar na foto, você pode garantir sua reserva no Hospedaje Recoleta!

Intro Hostels

  • Café da manhã grátis
  • Bar e Café no local
  • Instalações de cozinha

O preço do albergue é ótimo e oferece todas as facilidades que você deseja. Café da manhã gratuito, acesso Wi-Fi gratuito e atividades noturnas para uma experiência incrível. Eles ainda têm seu próprio bar, com fogueira, mesa de sinuca e tudo. E sim… a cerveja é também é barata!

Área de convivência do Intro Hostel em Cusco
Faça sua reserva no Intro Hostel, clicando na foto!

Magicpacker

  • Café da manhã grátis
  • Instalações de cozinha
  • Tours & Mesa de turismo

O Magicpacker é um ótimo albergue, especialmente se você estiver apenas procurando um lugar para dormir no fim do dia. Isso não quer dizer que não há espaço para relaxar no hostel, longe disso. O terraço ao ar livre é o local ideal para isso. O WiFi gratuito chega a todos os lugares do albergue e a conexão é muito boa. Além disso os chuveiros são muito bons!

Área de convivência do Magicpacker Hostel em Cusco
Clique na foto para reservar um quarto no Magicpacker Hostel!

La Posada del Viajero

  • Café da manhã grátis
  • Instalações de cozinha
  • Tours & balcão de turismo

Este albergue tem quartos privativos bem avaliados. As vigas de madeira em todo o edifício dão uma certa autenticidade rústica à La Posada del Viajero. Se você gostar de conhecer outros viajantes, você encontrará a turma no pátio externo ou na sala de TV. Este é um albergue descontraído ideal para casais que querem um pouco de tempo juntos em Cusco.

Varanda Posada del Viajero em Cusco
Clicando na foto, você pode fazer sua reserva na Posada del Viajero!

Kokopelli Hostel

  • Café da manhã grátis
  • Bar no local
  • Terraço ao ar livre

Com muita festa, o Kokopelli oferece atividades diárias, um bar incrível e discoteca também. Eles costumam ter noites de música ao vivo, mostrando bandas e artistas locais.

Hall do Hostel Kokopelli em Cusco
Clique na foto para fazer sua reserva no Hostel Kokopelli!

The Point

  • Café da manhã grátis
  • Bar no local
  • Tours & balcão de turismo

Mais um dos hostels de festa de Cusco. O The Point oferece aos viajantes a oportunidade de relaxar, fazer festas e também experimentar alguns dos melhores piscos do Peru!

Convivência Hostel The Point
Você pode fazer a sua reserva no The Point!

Wild Rover

  • Bar e restaurante no local
  • Tours & balcão de turismo
  • Lockers de segurança

Outro party hostel em Cusco. O que é legal é que eles têm um bar à prova de som, o que garante uma boa noite de sono mesmo com as festas (caso você queira dormir). 

Área de lazer do The Wild Rover em Cusco
Faça sua reserva no The Wild Rover Hostel!

The Luxe

  • Café da manhã grátis
  • Bar no local
  • Instalações de cozinha

É o hostel mais perto da Plaza das Armas. O wifi está disponível na maioria dos quartos e dormitórios e funciona muito bem nas áreas comuns. O café da manhã gratuito é simples, mas mata a fome.

Área de convivência do Luxe Cusco Hostel
Clique na foto para fazer a sua reserva no Luxe Cusco Hostel!

Sumayaq Hostel

  • Café da manhã grátis
  • Instalações de cozinha
  • Tours & Balcão de turismo

Sumayaq é um albergue de preço ótimo, especialmente para casais. Eles têm uma grande seleção de quartos duplos privados e banheiros privados. Super prestativos, estão sempre prontos para ajudar os hóspedes. Fica próximo do centro e da Praça das Armas, apenas a 2 minutos a pé.

Passeio do Sumayac Hostel em Cusco
Faça sua reserva no Hostel Sumayaq clicando na foto!

CuscoPackers

  • Café da manhã grátis
  • Bar no local
  • Terraço ao ar livre

CuscoPackers é um albergue super popular nas listas sobre onde ficar em Cusco. Baratos e fornecem tudo o que um mochileiro sem grana poderia pedir, incluindo Wi-Fi gratuito e café da manhã todas as manhãs. Fica a apenas 20 minutos do aeroporto e super perto de todos os pontos turísticos. 

Quarto em CuscoPackers Hostel
Reserve seu quarto em CuscoPackers Hostel, é só clicar na foto!

Pisko & Soul

  • Café da manhã grátis
  • Bar no local
  • Tours & Balcão de turismo

Este é considerado um dos albergues mais amigáveis ​​e acolhedores onde ficar em Cusco. Oferecem aos hóspedes a escolha de quartos privados ou dormitórios espaçosos. Localizado no bairro de San Blás (um pouquinho longe do centro da Praça das Armas).

Recepção Pisko and Soul Hostel, em Cusco
Garanta sua reserva no Pisko & Soul, clicando na foto!

Inka Wild Hostel

  • Bar & restaurante
  • Café da manhã incluído
  • Reserva de passeios e atividades

É um albergue de festa em Cusco, especial para mochileiros. Nele você também pode reservar a sua Inca Txpedição pela Trilha Inca, passeios de quadriciclo e até mesmo aulas de culinária.

Área externa Inka Wild Hostel
Clique na foto para fazer sua reserva no Inka Wild Hostel!

Dragonfly Hostel

  • Café da manhã grátis
  • Bar e Café no local
  • Tours & Balcão de turismo

O Dragonfly é um dos melhores albergues para mochileiros em Cusco, com um quarto para todos os bolsos. É um lugar para socializar, conhecer gente nova e tomar uma cerveja. Com camas super confortáveis, você estará bem descansado e pronto para explorar Cusco todas as manhãs. Se você precisar de uma mão com seus planos de viagem, passe no balcão de turismo e eles vão te ajudar.

Recepção Dragonfly Hostel em Cusco
Clique na foto para fazer sua reserva no Dragonfly Hostel!

Onde ficar em Cusco: os melhores hotéis

Se você estiver disposto a abrir um pouco mais o bolso na hora de escolher onde ficar em Cusco, essas opções parecem ser uma boa.

Hostal Madre Tierra

No alto do pitoresco bairro artístico de San Blas, com suas ruas estreitas de paralelepípedo e casas brancas, se encontra esta pequena e acolhedora casa de hóspedes de apenas sete quartos. Todos estão decorados com materiais naturais, incluindo móveis de vime e colchas vermelho-vinho que dão um toque acolhedor. Há uma pequena área de estar com uma lareira e o buffet de café da manhã é servido na cozinha. Um dos hotéis em Cusco preferidos pelos brasileiros. 

Hall de entrada do Hotel Madre Tierra em Cusco
Clique na foto para garantir sua reserva no Hotel Madre Tierra!

El Balcón

A uma curta caminhada da Plaza de Armas de Cusco, esta pousada aconchegante foi construída em terraços agrícolas incas, com uma varanda de madeira que percorre toda a extensão do edifício da era colonial.

Os quartos acolhedores e rústicos têm camas robustas com colchões ortopédicos e as paredes são decoradas com materiais de tecidos e artefatos locais. A frondosa área do jardim interior é um local agradável para relaxar com um livro, enquanto a área de jantar tem móveis de madeira e pinturas locais coloridas.

Jardim do Hotel El Balcon em Cusco
Clique na foto para fazer sua reserva no hotel El Balcon!

Andenes al Cielo

Este hotel central ocupa uma mansão colonial e oferece um refúgio bem-vindo da agitação das ruas de Cusco. Fica a poucos passos da Plaza de Armas de Cusco, com quartos situados ao redor de um belo pátio interno.

Os quartos limpos e arrumados possuem móveis elegantes de cor chocolate e piso de madeira polida, enquanto os quartos superiores são mais espaçosos, com vigas de madeira, lareira e varanda com vista para a rua. Uma das melhores opções de hotéis em Cusco perto da Plaza de Armas.

Área de convivência do Andenes al Cielo
Faça sua reserva no Andenes al Cielo, clicando na foto!

Rumi Punku

Na pitoresca rua Choquecheca, este hotel foi construído em um antigo templo Inca e tem acesso por meio de uma porta de pedra antiga (rumi punku significa porta de pedra, em quéchua). Os quartos estão situados em torno de uma série de pátios com vasos de plantas pendurados, e são acessados ​​através de escadas de pedra com corrimão de madeira.

Os quartos têm piso de madeira maciça e camas cobertas de mantas de alpaca, e há uma área de estar agradável com lareira, bem como sauna finlandesa, banheira de hidromassagem e academia. Boa opção para quem procura onde ficar em Cusco com conforto e autenticidade.

Passeio do Rumi Punku Hotel em Cusco
Clicando na foto, você pode fazer sua reserva no Rumi Punku!

Onde ficar em Machu Picchu e no Vale Sagrado

Uma das formas mais populares de se chegar a Machu Picchu é de trem, que parte de uma estação de trem próxima a Cusco e também de outras cidadezinhas localizadas no Valle Sagrado de los Incas, como Ollantaytambo e Urubamba. Quem vai desbravar a mais famosa das ruínas incas geralmente aproveita para conhecer outros sítios arqueológicos e vestígios dessa cultura ancestral, localizados ao longo do Vale Sagrado.

Muitos fazem isso através de passeios bate-volta de Cusco, que costumam ser bastante cansativos (quando não super corridos). Mas, se essas cidades estão no caminho para o seu destino final, Machu Picchu Pueblo, também conhecido como Águas Calientes, por que não aproveitar para permanecer uma noite e descansar em meio a uma linda paisagem?

Listei uma série de hospedagens que fazem essa paradinha valer a pena!

El Albergue Ollantaytambo

Localização: Ollantaytambo

Na estação de Ollantaytambo, de onde partem os trens para Machu Picchu Pueblo, este hotel de 1925, possui quartos elegantes e rústicos, com piso em parquet original. Varandas e corredores cheios de cadeiras de couro e grandes recipientes usados ​​para armazenar chicha, bebida nacional do Peru, feita a partir de milho fermentado. As paredes são decoradas com pinturas abstratas da artista e proprietária Wendy Weeks, enquanto a área de estar apresenta tecidos feitos à mão, uma harpa de madeira e fotos em preto e branco. Os jardins, visitados diariamente pelos beija-flores abrigam maracujá, avocado e pessegueiros, enquanto a fazenda orgânica, com suas ervas aromáticas e horta, abastece o restaurante com produtos sazonais.

Entrada do hostel Ollantaytambo
Faça sua reserva no Ollantaytambo, é só clicar na foto!

Las Casitas del Arco Iris 

Localização: Urubamba

Em meio a belos jardins no povoado de Urubamba, esta linda pousada é administrada pela Niños del Arco Iris, uma fundação sem fins lucrativos que administra cinco programas para crianças e jovens carentes, oferecendo serviços de saúde e educação, incluindo carreiras de carpintaria, escultura de madeira e costura industrial. Situado em 2,7 hectares de terra, os quartos acolhedores com piso em parquet e decorados com o trabalho dos jovens estudantes, desde camas de solteiro a lâmpadas artesanais e cortinas bem costuradas. Os quartos superiores estão equipados com lareira, e a área de café da manhã tem um armário com jóias e outros ornamentos para venda, feitos pelas mães dos alunos. Todos os lucros vão para a fundação.

Varanda Casitas del Arco em Urubamba, Peru
Reserve sua estadia no hotel Casitas del Arco Íris!

Rupa Wasi Lodge

Localização: Machu Picchu Pueblo (Águas Calientes)

Em uma localização privilegiada às margens de Machu Picchu Pueblo e no meio de uma floresta nublada protegida, esta pousada ecológica é administrada por uma equipe de jovens entusiasmados com a natureza. As cabanas de madeira da pousada, todas construídas com materiais naturais, se misturam com o ambiente ao redor e são cercadas por abacateiros, nogueiras e árvores nativas.

Os quartos estão confortavelmente mobilados, com camas de madeira e roupa de cama branca e alguns têm pequenas varandas com assentos acolchoados, com vista para a floresta nublada e para a cidade abaixo. O elegante restaurante do hotel, The Tree House, oferece culinária que combina o melhor dos sabores peruano, asiático, italiano e latino-americano. Os hóspedes podem fazer aulas de culinária de duas horas focadas nos pratos estrelados do Peru.

Sala no Rupa Wasi Eco Lodge em Machu Picchu
Clique na foto para reservar um quarto no Rupa Wasi Eco Lodge!

Melissa Wasi

Localização: Písac

Esta pousada de gerência familiar fica a uma curta caminhada da cidade de Písac, lar de algumas das mais espetaculares ruínas incas do Vale Sagrado. Um portão de entrada de madeira se abre para um jardim amplo e tranquilo com belas árvores de eucalipto. A área do restaurante é construída em pedra natural e aulas de ioga são realizadas na sala adjacente.

Os quartos rústicos têm azulejos de barro e móveis de madeira, e as paredes são iluminadas com tecidos locais. Os espaçosos bangalôs duplex têm uma kitchenette, uma área de estar com lareira e um quarto no mezanino. O filho dos donos, um xamã, mora no local e realiza cerimônias de ayahuasca: rituais medicinais durante os quais a ayahuasca alucinógena, dita para purificar e curar o corpo e a mente, é consumida. 

Exterior do Melissa Wasi Hotel, em Machu Picchu
Faça sua reserva no Melissa Wasi!

Confira mais opções de hotéis em Cusco!


Booking.com

VEJA MAIS POSTS SOBRE O PERU

Guia de Machu Picchu e Cusco: roteiro e tudo que você precisa saber
5 erros que cometi na minha viagem a Machu Picchu
O que levar na mala para Machu Picchu e Cusco
Boleto turístico de Cusco e como funciona para fazer os passeios
Onde comer em Cusco: os 5 melhores restaurantes
Compras em Cusco: o que vale a pena
Se você ainda tem dúvidas se deve ir ao Peru…
Rainbow Mountain no Peru: tudo o que você precisa saber
Como evitar o Mal de Altitude no Peru, Chile e Bolívia
Fui viajar sozinha e encontrei o amor

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” icon=”plus-square” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto [/button] [button link=”http://www.easysim4u.com/?sourceCode=amandaviaja” icon=”signal” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]CHIP DE CELULAR
internet ilimitada[/button] [button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button] [button link=”https://www.viajanet.com.br/?utm_source=(www.amandaviaja.com.br)&utm_medium=post%20patrocinado&utm_campaign=(vari%C3%A1vel)&utm_content=(vari%C3%A1vel)” icon=”plane” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]PASSAGENS AÉREAS
em até 10x[/button][button link=”https://www.rentcars.com/pt-br/?requestorid=899″ icon=”road” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x[/button][button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$100[/button]

 

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu em 2019

O Peru é um dos países mais baratos da América do Sul para viajar. E na hora de planejar uma viagem para Machu Picchu, saber dos preços é essencial para saber se cabe no bolso ou não.

Câmbio

A relação reais para soles (a moeda peruana) utilizada para esses cálculos é de 1 sol = 0,78 reais. E para dólares 1 sol = US$2,33

Levar dólares ou reais para o Peru?

O ideal é que você descubra na época da viagem quanto estão pagando nas casas de câmbio para ambos. Nas duas primeiras vezes que eu fui, era melhor levar dólar. Mas em 2019, o real desvalorizou demais e foi melhor levar reais e trocar lá. Na dúvida, leve um pouco dos dois.

Casa de câmbio recomendada: Western Union na Praça das Armas

Resumão de quanto custa uma viagem para Machu Picchu

Esses foram os meus gastos, referentes a junho/2019:

  • Boleto turístico (ingresso para passeios em Cusco e arredores): 130 soles
  • Transfer + guia: US$30
  • Trem para Macchu Picchu saindo de Cusco: US$100 (depende do horário)
  • Trem para MP saindo de Cusco: US$100 (depende do horário)
  • Rainbow Mountain: 90-200 soles
  • Humantay: 90-200 soles
  • Refeições: 60 soles
  • Chip Claro de 3gb: 35 soles
  • Balada: entrada gratuita
  • Táxi: 5 soles (tem uber também, mas achei mais caro)

Considerações:

  • Na hora de calcular quanto levar para a sua viagem, lembre-se que o ingresso de Machu Picchu e o trem você já terá comprado com antecedência aqui no Brasil.
  • Os valores da passagem aérea podem variar. R$1500 é o preço normal de um voo ida e volta com saídas de São Paulo.
  • Os valores do trem para Machu Picchu também variam de acordo com o dia, tipo de trem e antecedência da compra.
  • Os valores para refeições mencionados são em bons restaurantes, sem economia, com entrada, drink, prato principal e sobremesa.
  • As baladas em Cusco não costumam cobrar a entrada e ainda distribuem alguns drinks de graça.
  • Não foi mencionado acima o valor de hospedagem que é bastante variável. Confira aqui algumas opções de hospedagem em conta.
  • Dá pra você fazer compra baratinho por lá. Muitos tecidos e lenços baratinhos. Se liga nessas dicas.

VIAGEM PARA MACHU PICCHU MOCHILÃO

Se você estiver pensando em viajar para Cusco e Machu Picchu barato, o mochilão pode ser uma ótima opção. Na primeira vez que estive lá, viajei dessa maneira e tenho algumas dicas para te passar. Não vai ter muito como você economizar nos passeios essenciais, mas na hospedagem e nas refeições é bem possível.

Hospedagem em hostel

Se hospedar num hostel pode ser uma ótima opção pra fazer uma viagem mais barata. Cusco está lotado de hostels bons. Na primeira vez que fui, me hospedei no quarto privado de um deles e foi ótimo para conhecer pessoas. Além disso o hostel oferecia um café da manhã simples gratuito ou, se você quisesse pagar, poderia ter uma café mais elaborado. Porém todas as refeições do hostel eram baratas, em torno de 10 soles.

Eu paguei 366 reais (5 noites em quarto privado do hostel, mas você pode ficar em um quarto com mais pessoas e mais barato numa boa).

Alguns hostels oferecem cozinha também para que você possa cozinhar.

Neste post coloquei boas opções de hostels e hotéis baratos pra você.

Valores referentes a junho/2019 e sujeitos à alteração.

Veja aqui todos os posts do Peru

Machu Picchu: guia e roteiro

Onde ficar em Cusco: os melhores hotéis e hostels

Onde comer em Cusco: os seis melhores restaurantes

Boleto turístico de Cusco: como funciona para fazer os passeios

Mal de altitude: como evitar

Rainbow Mountain no Peru: tudo o que você precisa saber

5 erros que cometi na minha viagem ao Peru

Compras em Cusco: o que vale a pena comprar

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” icon=”plus-square” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM
todos com desconto [/button] [button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB
ganhe R$100[/button][button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS
hostels, pousadas[/button][button link=”http://www.easysim4u.com/?sourceCode=amandaviaja” icon=”signal” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]CHIP DE CELULAR
internet ilimitada[/button][button link=”https://www.viajanet.com.br/?utm_source=(www.amandaviaja.com.br)&utm_medium=post%20patrocinado&utm_campaign=(vari%C3%A1vel)&utm_content=(vari%C3%A1vel)” icon=”plane” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]PASSAGENS AÉREAS
em até 10x[/button][button link=”https://www.rentcars.com/pt-br/?requestorid=899″ icon=”road” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x[/button]

Como conhecer a Laguna Humantay a partir de Cusco, no Peru

Nessa minha última viagem para o Peru descobri um novo passeio a partir de Cusco que está começando a conquistar os turistas pela natureza exuberante e pela paisagem cinematográfica: a Laguna Humantay, com águas de impressionantes tons de azul e verde e rodeada por picos nevados.

Se você nunca ouviu falar sobre esse belo lago andino, abra uma nova aba no seu navegador, jogue Laguna Humantay no Google e se encante com as fotos incríveis. Vai lá, eu espero. 

Agora que você já deve estar querendo saber como chegar nesse lugar fantástico, vou explicar tudo o que você precisa saber para organizar o seu passeio a partir de Cusco.

Onde fica a Laguna Humantay?

A Laguna Humantay se encontra a 4.630 metros sobre o nível do mar, aos pés da montanha de mesmo nome, que atinge 5.470 metros. Suas águas, de um intenso azul esverdeado, vem do degelo das montanhas vizinhas, criando um cenário contrastante entre os tons terrosos e o branco da neve.

Outro pico vizinho é o Salkantay, com 6.270m. Viajantes antenados talvez já saibam que esse é o nome de um dos circuitos de trekking a partir de Cusco, que tem como destino final Machu Picchu. Com uma duração de 4 ou 5 dias, é a alternativa mais popular ao clássico Caminho Inca, que tem limite de turistas por dia e exige reserva com meses de antecedência. Durante a trilha de Salkantay você passa pela Humantay.

Mas você não precisa passar por tamanha provação para se encantar com essa paisagem. Em apenas 1 dia, é possível conhecer a Laguna Humantay a partir de Cusco.

 

Ver essa foto no Instagram

 

O #tbt de hoje é roubado. É que eu não fiz a trilha da Laguna Humantay no Peru por motivos de estar mega cansada, sem condicionamento físico e paciência de aguentar 3 horas de caminhada numa altitude de 4000m. Deixei para explorar lagunas turquesas em lugares mais fáceis 🙈 Mas as duas Maris que viajaram com o meu grupo foram mais corajosas do que eu, encararam a laguna no dia seguinte da Rainbow, me contaram tudo e eu já coloquei tim tim por tim tim lá no site 😎. LINK NA BIO ou amandaviaja.com.br/laguna-humantay . O meu maior conselho pra você: VÁ, mas tente colocar um dia leve (meio que pra descansar) entre Machu Picchu, Rainbow e Humantay pra ficar menos puxado. . Ah, a foto é sem filtro, tá? #AmandaViajaPeru

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

Como ir até a Laguna Humantay?

O acesso a partir Cusco não é relativamente simples, mas pode ser um pouco demorado devido à situação da estrada. A primeira parte do trajeto, cerca de 100km até a cidade de Mollepata, é inteiramente asfaltado e em bom estado, apesar das muitas curvas. 

Porém, a partir dessa cidadezinha, é necessário seguir para Soraypampa, a mais de 3.900 metros de altitude, por uma estrada de terra um tanto precária. É normal levar mais de 1h para percorrer cerca de 25km. Se você não estiver de carro, existem duas possibilidades para chegar ao ponto de partida da trilha até a Laguna Humantay. 

Passeio com a agência

A solução mais fácil é naturalmente contratar um tour em Cusco. Várias agências, entre as quais a Qorianka tour, que eu pessoalmente recomendo bastante, oferecem um passeio de dia inteiro para a Laguna Humantay, por preços a partir de US$40 num tour em grupo. As empresas costumam passar no seu hotel por volta das 4h da manhã, com retorno à Cusco previsto para 18h. Inclui o transporte, café da manhã e almoço. Levando em conta o conforto e a praticidade de fazer o passeio com uma agência, considero a melhor opção.

Clique aqui para consultar outras opções de agências para fazer esse tour. Eu também recomendo essa aqui.

Por conta própria

Mas, se você quer uma dose extra de aventura, é possível fazer por conta própria. Para isso, é necessário pegar um coletivo (passagem 15 soles) até Mollepata na Avenida Arcopata, em Cusco. Depois, é preciso conseguir um carro ou taxi que leve até Soraypampa. No restaurante La Casona, na praça principal da cidade, eles ajudam os turistas a organizarem essa saída.

Os motoristas cobram cerca de 130 soles, o que pode valer a pena se for dividido entre mais passageiros. Se você estiver sozinho ou com apenas um companheiro de viagem, o trabalho extra dificilmente vale a pequena economia. Lembre-se também que é necessário sair cedo para ter tempo o suficiente para fazer a trilha. E uma dica extra: comprem uma lata de oxigênio na farmácia para levar caso você passe mal.

Laguna Humantay
foto: Mari Negri

A trilha para a Laguna Humantay

O caminho começa no mesmo ponto da famosa Trilha Salkantay, a aproximadamente 3.900m, e termina a mais de 4.200m, às margens do lago. O percurso é de aproximadamente 3,5 km, totalizando 7km ida e volta. Assim como na Rainbow Mountain, é possível fazer uma parte do caminho sobre o lombo de um cavalo (por 70 soles). Eu realmente não recomendo essa opção, porque os cavalos são bem explorados.

A parte inicial do trajeto é razoavelmente plana, mas finalizado primeiro quilômetro começa a subida, bastante íngreme. Nesse começo, inclusive, você vai se deparar com várias fazendas e hospedagens para quem faz a trilha Salkantay.

Normalmente, as pessoas levam cerca de 1 hora e meia para subir (1 hora plano + 30 min de subida) até a Laguna Humantay e 1h20 para retornar.  Quem tiver pique, pode subir até um mirante próximo ao lago de onde se tem uma vista sensacional. Muitos acham que para baixo todo santo ajuda, mas é necessário ter cuidado na descida, uma vez que o terreno é irregular e tem muitas pedras soltas. 

Chegando bem cedinho lá você pode ainda encontrar a laguna vazia. Em torno das 9h30, 9h45 é quando as pessoas começam a chegar.

Trilha para a Laguna Humantay


A altitude na Laguna Humantay

Os números podem até parecer modestos, mas ganham outro significado quando consideramos a altitude. Você sabia que a cada 100m acima do nível do mar, perdemos aproximadamente 1% de oxigenação? Ou seja, no ponto mais alto da trilha, você tem apenas uns 60% do oxigênio ao qual está acostumado!

Ao fazer atividades que exigem mais esforço físico, como a trilha para a Laguna Humantay, você pode ter sintomas como fadiga, dor de cabeça, enjoo e até vômitos. Eu já falei sobre o Mal de Altitude aqui no blog, incluindo dicas de como prevenir esse mal estar.

O segredo é andar devagar, com passos curtos, respirando fundo. Acredite, a vista de tirar o fôlego (literalmente) no final vai valer a pena. 

Não se esqueça

É super importante fazer um seguro viagem para ir ao Peru. É comum as pessoas passarem mal por conta da altitude ou você pode se machucar em alguma trilha, enfim… é bom estar preparada num caso de emergência. Na minha última viagem, 2 pessoas do meu grupo precisaram de um médico. Te aconselho a cotar um seguro de viagem neste site que possui quase todos os seguros do mercado e utilize meu código para 10% de desconto: AMANDAVIAJA10

Melhor época para visitar a Laguna Humantay

A região de Cusco tem duas estações: a seca, de abril a outubro, e a chuvosa, de novembro a março. A temporada sem chuvas é, naturalmente, a melhor época para fazer qualquer atividade ao ar livre, principalmente as que envolvem trilhas.

Vai fazer Humantay + Rainbow Mountain + Machu Picchu?

Machu Picchu é fácil porém cansativo. Rainbow é difícil e cansativo e Humantay é mais cansativo ainda. Portanto, a minha sugestão é que você dê um espaço de um dia entre um passeio e outro para descansar pegando leve no turismo.

Laguna Humantay

 

Veja todos os posts sobre o Peru

Guia Machu Picchu e Cusco: roteiro e o que você precisa saber

Onde ficar em Cusco: os melhores hotéis e hostels

Onde comer em Cusco: os 5 melhores restaurantes

Boleto turístico de Cusco: como funciona o ingresso

5 erros que cometi na minha viagem a Machu Picchu

Quanto custa uma viagem para Machu Picchu?

Rainbow Mountain no Peru: tudo o que você precisa saber

Fui viajar sozinha e encontrei o amor

 

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

[button link=”http://www.segurospromo.com.br/p/amandaviaja/parceiro?tt=resolvasuaviagem” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]SEGURO VIAGEM todos com desconto[/button] [button link=”https://www.viajeconectado.com/?utm_medium=parceirospromo&pcrid=558&utm_source=site-blog&ref=parceirospromo” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]CHIP DE CELULAR internet ilimitada[/button][button link=”https://www.booking.com/index.html?aid=1208348″ icon=”home” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]HOTÉIS hostels, pousadas[/button][button link=”http://www.airbnb.com.br/c/anoventa” icon=”star” color=”silver” text=”dark” window=”yes”]AIRBNB ganhe R$179[/button]