Como economizar e guardar dinheiro para viajar

Na correria do dia a dia fica fácil esquecer da viagem que queremos fazer e gastar nosso dinheiro com outras coisas. Eu não sou do tipo que deixa de curtir a rotina para viajar, afinal a vida “normal” também é importante para a nossa felicidade. Mas como eu sempre tive as viagens como prioridade, adquiri alguns hábitos importantes para economizar e guardar dinheiro para viajar. São hábitos tão naturais na minha vida que nem sofro para cumpri-los. Um pequena mudança aqui, outra ali e quando você percebe já está economizando bastante.

É claro que podemos ter estilos de vida diferente, salários diferentes, prioridades diferentes. Mas espero que com a minha lista de economias você consiga se inspirar e criar seus próprios hábitos e mudanças, avaliando o que melhor se adequa ao seu estilo de vida.

Como economizar

Transporte. Eu não tenho carro. No fim do ano passado, quando mudei para um emprego que seria longe da minha casa, fiz os cálculos para ver se valia a pena comprar um carro. Mas claro que não valia. O meu aumento de salário iria todo para o gasto com o carro e aí eu teria que sacrificar minhas viagens em nome do conforto. Portanto decidi utilizar o transporte público em São Paulo (digno de uma heroína, não é mesmo?). Mas a verdade é que eu sou uma grande sabotadora de carros no Brasil. São caros, há muitos e o trânsito é um saco. Portanto não valia a pena de jeito nenhum.

Celular. Como eu tenho o celular da empresa, não havia necessidade de ter dois celulares. Mantive o meu mas é pré-pago (e não é um iPhone pois nunca tive coragem de pagar o preço). Então eu posso dizer que praticamente não tenho nenhum gasto com telefone.

Roupas e acessórios. Esse ano eu tomei um decisão importante: não iria comprar nenhuma roupa ou sapato. Eu tenho muitas roupas que nem uso e algumas até com etiquetas! Portanto não há necessidade de comprar mais. E, além disso, estou fazendo uma limpa no armário para vender e doar algumas roupas em brechós e sites de roupas usadas porque elas são novas e sem utilidade pra mim.

Manicure. Eu adquiri o hábito de fazer as unhas sozinha no tempo que morei nos EUA, pois lá as manicures são ruins e caras. E até hoje eu utilizo essa técnica aqui no Brasil. Portanto, raramente gasto com manicure.

Comida. Eu não sou do tipo que passo fome ou vontade para poder viajar. Eu gosto de experimentar novas comidas e restaurantes e também de jantar com as minhas amigas. No entanto, eu não faço isso o tempo todo. Tento equilibrar entre cozinhar em casa e sair para jantar de vez em quando. Uma outra economia muito importante é a de que eu almoço todos os dias no refeitório da empresa por apenas R$7! Faço isso justamente porque prefiro economizar no trabalho para gastar em situações especiais.

Balada. Eu não sou muito baladeira. Prefiro ir a shows, exposições, filmes e ocasiões especiais com as amigas e namorado. Portanto não tenho um grande gasto com balada. Ainda bem. Porque aqui em São Paulo não é difícil você ir a uma festa onde paga R$150 só para entrar. Ai, dói meu bolso só de pensar…

Faxina em casa. Eu moro sozinha há 11 anos e nunca tive alguém que limpasse a minha casa. Mas este ano tive que encontrar uma pessoa pois simplesmente não tenho tempo de fazer uma boa faxina. No entanto, ela vem apenas a cada duas semanas e no resto dos dias eu tento manter e limpar.

Não comprar o que eu não preciso. Meu dinheirinho é muito valioso e não comprar o que eu não preciso é um hábito muito natural na minha vida. Sou daquelas que andam pelo shopping sem sofrer e saio de lá sem nada, numa boa.

Como guardar o que se ganhaeconomizar-dinheiro-viajar

No momento estou planejando uma grande viagem. Portanto, defini através de pesquisas que fiz, o quanto eu devo ter de dinheiro para fazer essa viagem na data planejada. Sendo assim, todos os meses eu tenho a obrigação comigo mesma de transferir uma quantia x para a poupança para atingir o valor total. Também tenho o hábito de transferir qualquer dinheiro extra para a poupança (freelas, 13o salário, bônus, restituição do IR, etc). Como disse, viajar é minha prioridade de vida e todo meu dinheiro é direcionado a isso.

E esse é o meu conselho para tornar uma viagem possível:

1. Defina para onde e quando você quer ir.
2. Pesquise preços e avalie o quanto você gastaria para essa viagem (passagens + hotéis + gastos na viagem)
3. Faça o cálculo de quanto você deve guardar mensalmente para atingir a data possível/desejada para viajar.

Acredite, quando você define valores e datas, a viagem se torna real e possível. A partir daí é só conseguir guardar aquele dinheirinho.

E você? Tem alguma técnica especial para economizar dinheiro para viajar?

 

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

SEGURO VIAGEM
todos com desconto
CHIP DE CELULAR
internet ilimitada
HOTÉIS
hostels, pousadas
 PASSAGENS AÉREAS
em até 10x
ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x
AIRBNB
ganhe R$130

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*