Guia Seychelles: tudo o que você pode fazer nas ilhas

Seychelles é um sonho. Sabe aquele lugar que parece que só existe em histórias sobre uma ilha paradisíaca, com mar cristalino, coqueiros e sol o ano todo e um barco lá longe? Seychelles é assim. Parece que saiu de uma história contada. Um país no meio do Oceano Índico formado por 115 ilhas que você talvez nunca tenha ouvido falar e que mal aparece no mapa. E a capital ainda tem nome poético, Victoria.

Mas ele é atingível. Principalmente quando você resolve esticar suas férias na África do Sul para o paraíso Seychelles, logo ali, a 5 horas de distância. E para melhorar, as ilhas são tão fáceis de viver, se locomover e relaxar… Vou te explicar como as coisas funcionam por lá…

ilhas-seychelles-amanda-noventa

Qual é a melhor época para ir A Seychelles

Há sol em Seychelles o ano inteiro, portanto é um ótimo destino para qualquer época que você queira ir. Por ter um clima temperado, a temperatura fica em torno de 28 graus Celsius, mas os meses mais abafados são entre Novembro a Abril (quando eu fui em abril estava muito abafado) pois os ventos são de monções do sudeste. E de Maio a Outubro começa a ficar mais fresquinho, sem aquela sensação de abafado, pois os ventos são de monções do noroeste. E muito importante: a água é sempre quentinha e calma. Mar de piscina daqueles que você não quer sair nunca. E por isso mesmo não tem tubarão (eles não gostam de água quente).

Qual é a diferença de horário entre Seychelles e Brasil

Seychelles está 7 horas a frente do horário de Brasília. O fuso abala bastante. Nas primeiras noites, eu demorei a dormir e acordava bem cedo. Na segunda semana eu já estava bem acostumada.

Quantos dias para conhecer Seychelles

Eu me dividi entre três ilhas por dez dias. Para conhecer as 115 de Seychelles provavelmente você precise de bem mais que isso. Mas vamos ser realistas: conhecer as três ilhas principais são suficientes para curtir muito bem a vibe de Seychelles: Mahé, Praslin e La Digue.

Quem deve ir

As pessoas costumam ir muito de lua-de-mel, mas chegando lá você vai descobrir que Seychelles é uma ilha para todos. Vê-se muita família com crianças, casais e amigos. Os turistas são principalmente europeus e árabes. No ano passado apenas 600 brasileiros visitaram o país.

seychelles-amanda-viaja
Praia Anse Lazio em Praslin

Quais são os documentos necessários para viajar a Seychelles

Para viajar para Seychelles, você precisa de passaporte e de uma carteira de vacinação internacional comprovando que você tomou a vacina contra a febre amarela. Vou contar aqui um segredo: eu esqueci a minha e não pediram quando cheguei lá, mas é melhor não arriscar! A Etihad, companhia aérea pela qual eu viajei, cobrou na hora do check in e quando mostrei uma carteirinha errada a mulher ficou furiosa e só me deixou passar porque eu disse que havia uma maneira de baixar online (maneira a qual eu não consegui!).

Como comprar passagens para Seychelles

As principais companhias aéreas para chegar a Seychelles são Emirates, Alitalia, KLM, British, Air France e Etihad (fui nela, com conexão em Abu Dhabi. Lá peguei a Air Seychelles, companhia aérea parceira da Etihad que é muito boa por sinal). O que você pode  fazer também é incluir Seychelles na sua viagem à África do Sul, com a South African Airlines.

O que levar na mala para Seychelles

Uhnn…bikini e shorts são suficientes pra você? Brincadeiras à parte, é uma ilha calorenta. Portanto, todas aquelas roupas de praia que você já conhece. Nem perca seu tempo levando roupa de frio porque nem à noite faz frio. Não custa lembrar, mas leve: filtro solar, um chapéu e um repelente (não tem tanto mosquito, mas levei umas picadas).

Seychelles é um lugar seguro?

Seychelles é um lugar bastante seguro e me senti assim o tempo todo. Só que uma pessoa nos aconselhou: “não deixe suas coisas de valores na praia”, mas juro que nem pirei muito nisso. Seychelles é bem esse lugar que você deixa tudo na areia e vai pro mar.

Como são as pessoas em Seychelles?

Simpáticas, educadas e o melhor de tudo: não é aquele lugar turístico onde as pessoas ficam tentando te empurras coisas pra comprar. Nada disso. É um povo muito simpático mesmo.

Onde ficar em Seychelles

Vamos por ilhas:

Mahé: Eu fiquei em um hotel novo, o Savoy Resort e Spa. Seychelles é um lugar bastante procurado por casais principalmente em lua-de-mel, mas também tem muita família por lá. E o que eu achei legal do Savoy, é que haviam casais, famílias, amigos, etc. Se você vai de lua-de-mel, eu recomendo o Four Seasons Seychelles, no qual eu não me hospedei mas fui conhecer todas as instalações e babei. É aquele hotel dos sonhos! Um outro hotel, mais centralizado, moderno e muito legal é o Eden Bleu, ótimo para quem está mais interessado em explorar a ilha do que ficar apenas na praia do hotel.

seychelles-four-seasons-amanda-noventa
Bangalô do Four Seasons

 

seychelles-amanda-noventa
Savoy Resort e Spa
seychelles-amanda-noventa-4
Vista do meu quarto do Savoy Resort e Spa
seychelles-amanda-noventa
O Eden Blue Hotel não tem praia, mas tem essa piscina e marina lindas!

Praslin: Fiquei no delicioso Acajou Hotel. Parece uma pousada grande, só que melhor. Uma delícia ficar lá. Lugar tranquilo, com piscina e de frente pro mar. Um hotel bastante famoso e super top em Praslin é o Raffles, mas não o conheci.

seychelles-amanda-noventa
Vista do meu quarto no Acajou Hotel
seychelles-amanda-noventa
Acajou Hotel

Em La Digue, não posso indicar nenhum hotel, pois não passei nenhuma noite por lá.

Como ir do aeroporto até o hotel?

Os hotéis geralmente possuem um traslado. Outra maneira, são os táxis.

Como ir de uma ilha à outra (transporte de Mahé a Praslin e La Digue)

Para ir de Mahé a Praslin– Você deve pegar um barco para uma viagem de aproximadamente 1 hora entre uma ilha e outra. O barco é bom, confortável e a viagem bastante agradável, sem balançar. A empresa que eu utilizei foi a Cat Cocos (€16 one way).

Para ir de Praslin a La Digue– Você deve pegar um barco para uma viagem de aproximadamente 15 minutos entre uma ilha e outra em uma viagem bastante agradável também (€15 one way).

seychelles-amanda-noventa

Como é o transporte nas ilhas de Seychelles

Em Mahé, a maior ilha, você pode alugar um carro. Mesmo sendo um pouco caro, vale a pena se você quiser explorar a ilha toda (Dica: queira! A ilha é linda! Mas a mão é inglesa).

seychelles-amanda-noventa

Em Praslin, você pode utilizar um táxi.

Em La Digue, o melhor meio de transporte é alugar uma bicicleta. É o que todos fazem e a maneira mais deliciosa de explorar a ilha. A minha foi alugada no Tati´s bicycle rental.

seychelles-amanda-noventa-4

Qual moeda levar para Seychelles?

A moeda local em Seychelles é rupee. Mas tanto euro como dólar são bem aceitos em qualquer lugar e você nem precisa se dar ao trabalho de trocar (não se esqueça que pagando em euro ou dólar, o troco será sempre em rúpias). Cartão de crédito é bem aceito.

Quando estive lá, a cotação era de:
1 euro= 15 rupees
1 dólar= 13 rupees

*Atenção: A cotação pode variar de acordo com a época da viagem.

Qual é o idioma usado em Seychelles?

Em Seychelles, os idiomas nativos são três: inglês, francês e crioulo (uma misturinha entre francês e inglês que você não entende nada).

Gastronomia: É uma ilha, portanto a refeição principal é peixe. Pode ser peixe com curry e também frango com curry. A salada é diferente e geralmente formada basicamente por repolho, manga ralada e pimentão. Arroz também é comum.

seychelles-amanda-noventa-5 seychelles-amanda-noventa-6

Onde comer: Eu comi bastante nos hotéis e um dia na barraquinha da praia. Mas recomendo os restaurantes que conheci:

Mahé: Restaurante Bravo, que fica em Eden Island. Aliás, Eden Island é um local com bastante restaurantes pra você escolher. Esse tinha pratos de todos os tipos: massa, carnes, peixes e hambúrgueres.

Praslin: Bonbon Plume, localizado na famosa praia Anse Lazio. Você almoça de frente pro mar e perto das tartarugas. Os pratos são simples e típicos da ilha: peixe, frango e salada. Não deixe de provar o milk shake de coco!

seychelles-amanda-viaja
Bonbon Plume lá atrás.

O restaurante Pirogue também é uma boa opção, fica no centrinho de Praslin (se é que pode-se dizer que aquilo é um centrinho), mas de frente pro mar também. Dessa vez a praia é a Anse Volbert.

seychelles-amandanoventa

La Digue: Almocei no restaurante Zerof. Com a comida simples e típica de Seychelles, peixe e salada, é um lugar agradável.

seychelles-amanda-noventa

Compras: Eu estava esperando encontrar umas lojas com uns tecidos africanos bem bacanas, mas não encontrei (mesmo porque em Seychelles eles não se vestem como eu imaginei). Mas você pode encontrar imãs e outros souvenirs no mercado municipal de Victoria, capital de Seychelles.

O que fazer em Seychelles 

Bom, você provavelmente não vai querer se preocupar com nada e vai querer ficar relaxando na praia o dia inteiro. Mas tem muito lugar bonito para conhecer nas ilhas. E é difícil escolher porque toda hora você ouve alguém falando que alguma outra praia que você ainda não viu é a mais bonita. Aqui vou citar algumas que conheci, outras que fiquei na vontade e recomendo.

Ilha de Mahé

É na ilha de Mahé que fica a capital do país, Victoria. É a maior ilha, mas não tem nada de ruim nisso, afinal ela tem apenas 80000 habitantes!

É legal dar uma andada pela cidade para conhecer. Tem algumas coisas interessantes: um templo hindu (apesar de 90% dos habitantes serem católicos), um mercado municipal (não muito diferente dos que você vê no Brasil, mas é um bom lugar para comprar souvenir) e um relógio que é uma réplica do Big Ben.

seychelles-be-happy-now-5

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa seychelles-amanda-noventa

Eden Island: Achei isso engraçado, mas é uma ilha falsa que construíram por lá. Mas é um lugar muito bonito, com um píer cheio de restaurantes, barcos e hotéis bonitos. Vale a pena almoçar ou jantar por lá um dia.

seychelles-amanda-noventa

Destilaria Takamaka Bay Rum: Se você gosta de bebidas, de conhecer como se faz e já se cansou das praias, a destilaria Takamaka é uma boa opção para fazer algo diferente. Eles fazem o rum típico da ilha e são bem famosos por lá. Dá pra você aproveitar pra levar pra casa uma garrafa de rum e dar de presente (o que eu mais gostei foi um de coco). Não xeretei muito, mas os donos são franceses e moram lá há alguns anos já, se dedicando à destilaria. Fiquei até com dó da francesa que me mostrou tudo por lá. Ela suava tanto, tadinha… Além disso, a praia em frente à destilaria é maravilhosa!

seychelles-amanda-noventa-6

seychelles-amanda-noventa
A praia em frente à destilaria que o meu guia disse que não era tão bonita. Então tá…

seychelles-amanda-noventa

View Point: Eu fui a dois view points diferentes, que são mirantes nos quais você consegue ver a ilha toda. A vista é bonita, mas eu pararia apenas se estivesse passando por lá.

seychelles-amanda-noventa

Tartarugas em San Soucis: Uma propriedade privada deixa bem ali, no meio da estrada, as tartarugas centenárias e gigantes para quem quiser ver. São muitas, mas fiquei com um pouco de pena das pobrezinhas presas. É de graça, você não paga nada para vê-las e vale a pena conhecer as tartarugas tão típicas da ilha.

seychelles-amanda-noventa-6

seychelles-amanda-noventa

Praia Beau-Vallon: Essa foi a praia do meu hotel. Os maiores frequentadores são aqueles que ficam nesse hotel e no vizinho. A praia é deliciosa e tranquila. Na beira da praia você pode até encontrar umas três barraquinhas vendendo almoço a preço de banana (eu comprei uma porção de arroz, peixe, salada e uma água de coco por €5). O pôr do sol também é lindo e imperdível.

seychelles-be-happy-now-1

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa-7

seychelles-amanda-noventa

Baie Lazare: Essa praia eu vi no caminho para uma outra praia e quis voltar outro dia só para vê-la. Praia deserta, de água transparente e beeem calminha. E um balanço vazio pendurado para dar mais charme ainda. O único problema é que quando voltei já não batia sol e não consegui mostrar na foto o quanto ela era cristalina.

seychelles-amanda-noventa

Anse Royale: Parei na volta da Baie Lazare e mesmo sendo considerada uma das praias mais bonitas de Mahé, não estava sol e não consegui uma bela foto.

seychelles-amanda-noventa

Anse Intendance: Há quem diga que a Anse Intendance é a praia mais linda de Mahé, quiçá de Seychelles! Eu fico muito confusa com tanta beleza na ilha pra dizer que ela é a “mais”. Mas fico bem na dúvida… praia bem selvagem, cheia de coqueiros, quase vazia e que ainda parece intocável. Não preciso dizer que não tem barraquinha nem nada, né?!

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa seychelles-amanda-noventa

Anse Soleil: Anse Soleil é (de novo) selvagem, cheia de coqueiros, pedras e praia azul. Um pouco mais movimentada e com um restaurantezinho logo na chegada. Mas vale dar uma passadinha.

seychelles-be-happy-now

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

Port Glaud: Uma graça esse lugar. Rústico, pitoresco e diferente de tudo. Uma praia diferente com uma ilhazinha. Uma delícia dar uma paradinha ali.

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

Ilha de Praslin

Praslin é a segunda maior ilha de Seychelles e com uma população de cerca de 8600 habitantes. É a segunda ilha mais escolhida pelos turistas depois de Mahé. O centrinho da cidade é pequeno e acho que nem se pode chamar de centrinho. Mas esse é o charme de Seychelles: ser rústico e inexplorado.

seychelles-amanda-noventa-1
centrinho de Praslin
seychelles-amanda-noventa
As estradas de Praslin são assim

Vallée de Mai: É nesse vale (que também é um parque) que você encontra o coco mais famoso de Seychelles: o coco-de-mer. Ele parece um bumbum e todo mundo sabe. Andar por esse vale é bem gostoso, mas você não deve perder muito tempo com isso.Vá, conheça o coco e os coqueiros e volte para a praia.

seychelles-amanda-noventaseychelles-be-happy-now

Anse Volbert: Essa é a praia do meu hotel. E apesar de ser liiiinda, eu particularmente não gostei muito para mergulhar porque tinha muita alga. Mas é linda, azul e a vista da janela do meu hotel.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

seychelles-amanda-noventa

Anse Georgette: Anse Georgette foi uma grande surpresa boa no último dia de Praslin. É uma praia que fica dentro do hotel Constance Lemuria Resort & Spa e você precisa agendar com antecedência a sua visita. Para chegar à praia, você deve atravessar um enorme campo de golfe, numa caminhada de uns 25 minutos. E vale a pena! Chegue cedo porque a praia é pequena e quanto menos pessoas houver, mais bonita ela fica. O dia não estava tão ensolarado, mas a praia era uma daquelas fascinantes com a característica básica de ser selvagem.

seychelles-amanda-noventaseychelles-amanda-noventa  seychelles-amanda-noventa seychelles-amanda-noventa

Anse Lazio: Anse Lazio é a praia mais famosa de Praslin e dizem que é lá que fica o melhor pôr-do-sol da ilha. Ela é linda e cheia de gente se você comparar com outras praias de Seychelles. Aproveite para almoçar no restaurante que tem lá, o Bonbon Plume.

seychelles-amanda-noventa

Ilha de La Digue

É a quarta maior ilha, mas tem apenas 12km2 e população de 2800 habitantes. Foi a minha ilha preferida porque é a menor de todas, charmosa com suas ruazinhas entre praias e coqueiros. A ilha mais tranquila, harmoniosa e rústica.

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

Alugar uma bike: Em La Digue, a melhor forma de transporte é a bike. A ilha tem 12km2 e uma população de 2800 habitantes. Não é um sonho de ilha? Nada melhor do que explorar de bike. Logo que você chega de barco na ilha, já vai encontrar algumas lojas de aluguel. Então é só apreciar a paisagem.

Seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

Plantação de Baunilha: No caminho para Source d´Argent, você passa por um alguns lugares interessantes, como um cemitério antigo, uma igrejinha fofa e a plantação de baunilha.

seychelles-amanda-noventa

Anse Source d´Argent: É considerada a praia mais bonita do mundo pela National Geographic. Não é à toa: selvagem, com pedras milenares, água cristalina.. É aquela praia que se você quisesse um amor e uma cabana, a cabana poderia ser lá. É uma praia um pouco mais povoada justamente pela sua fama. Tem uma barraquinha de frutas e coco por lá e até gente casando. Não deixa de ser linda e possível de encontrar o seu lugar ao sol.

seychelles-amanda-noventa

seychelles-amanda-noventa

Grand Anse: Foi uma longa pedalada até lá de subidas e descidas. Não foi fácil chegar. Às vezes a bicicleta me levava e às vezes eu levava a bicicleta. Mas o caminho é lindo e dá para se sentir num cenário de filme. Você pode ir de carro ou táxi, mas vai perder muito da magia se fizer isso. Fique com a bike! Eu gostaria de ter ido à praia Anse Gaulettes, uma praia onde dizem ficar algumas tartarugas na areia. Mas era muito longe e eu não teria tempo suficiente para chegar até lá, substituindo então pela Grand Anse.

seychelles-be-happy-now
Foto: Seychelles Travel Bureau

DSC_0447

 

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

SEGURO VIAGEM
todos com desconto
CHIP DE CELULAR
internet ilimitada
HOTÉIS
hostels, pousadas
 PASSAGENS AÉREAS
em até 10x
ALUGUEL DE CARRO
sem IOF, em até 12x
AIRBNB
ganhe R$130