Preparativos para viagem a Cuba

Preparativos para viagem a Cuba

A primeira vez que me deu vontade de ir a Cuba foi quando um ex-namorado Americano disse que gostaria muito de ir pra lá mas devido ao embargo dos Estados Unidos ele não poderia entrar no país. É idiota, mas foi quando me deu um click de “É isso! Já que eu posso, eu vou”. Assim, eu tenho a viagem de Cuba guardada na cabeça há anos.

Em janeiro desse ano, depois de passar um final de semana inteiro pesquisando passagens para decidir minha viagem do carnaval, percebi que havia chegado a hora de Cuba! As passagens para o resto do mundo estavam caríssimas e Cuba era o melhor custo/benefício.

E sabe que fui bem organizada no planejamento dessa viagem?! Sinto que estou evoluindo e fazendo as coisas com mais calma. E gostaria de dividir aqui com vocês essa minha evolução nas etapas pré viagem:

Pacote voo + hotéis. Meu voo é com conexão em Lima e Bogotá porque era o mais barato, claro. Ficarei 5 dias em Havana e 2 dias em Varadero, sendo que o hotel de Varadero é all inclusive.

guia-viagem-Cuba

Guia. Comprei um guia de Cuba do Lonely Planet. Nunca compro esses guias mas nas viagens que peguei um emprestado,  aproveitei muito mais e me sentia menos perdida, sabendo de tudo o que o local tinha para oferecer.

Visto. Tirei um mês antes e estou até orgulhosa de mim por isso!  É super fácil, sem complicações e custa R$45. Os consulados cubanos no Brasil só existem em São Paulo e Brasília, mas se você não mora em nenhuma dessas cidades pode fazer pelo correio. Eu fui pessoalmente, fiquei em uma filinha rápida e não houve nenhum carimbo de visto no passaporte. Apenas um papel que a mulher chata séria do consulado ficava repetindo para não dobrar esse papel. Eu dobrei. Só fui entender o que ela falou depois quando era tarde demais. Mas não acho que vou ser impedida de entrar em Cuba por causa de um papel dobrado, né? Espero que não, pois a viagem é longa!

Câmbio. Troquei na segunda-feira, 4 dias antes da viagem e isso também é uma evolução pois sempre acabo deixando para o dia da viagem. Cuba possui uma economia dupla: a de pesos conversíveis (CUC$) e pesos cubanos. Em teoria, os turistas devem usar apenas os conversíveis e nenhum deles você consegue encontrar no Brasil. Ou seja, você deve levar dólares ou euros e trocar em uma casa de câmbio em Cuba. O recomendável é levar euro pois, mais uma vez, devido ao embargo americano você tem que pagar uma taxa extra de 10% para trocar dólares por pesos. Por isso, eu estou levando euros.

viagem-Cuba

Mala. Estou super econômica! Levando poucas roupas e dando espaço a algumas coisas fundamentais nessa viagem: snorkel, binóculo para observar os pássaros e (sempre) um livro.  E mais algumas coisinhas…

Acho que estou pronta para embarcar! Só falta fazer uma reunião com meu chefe às 10h, enfrentar o trânsito de São Paulo para chegar no aeroporto de Guarulhos e embarcar às 16h15. Acho que dá tempo…

Até a volta e bom carnaval pra vocês!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*