5 sinais de que você precisa morar um tempo em outro país

5 sinais de que você precisa morar um tempo em outro país

Muita gente deseja morar fora do país por diferentes razões. Algumas querem mudança em suas vidas, outras querem estudar ou trabalhar, e outras querem apenas conhecer o que existe “lá fora”. A boa notícia é que isso vem se tornando cada vez mais acessível, seja pelos diversos programas de intercâmbio ou até por programas do governo que possibilitam estudantes a terem essa experiência.

Não há dúvidas sobre as mudanças internas e o amadurecimento que morar fora do país pode trazer às pessoas. E eu acredito que essa experiência funcione melhor ainda em alguns casos:

1. Se você é muito dependente de outra(s) pessoas.

Pode ser que você seja dependente financeiramente ou dependente da companhia de amigos ou simplesmente mimado (aquele com o leitinho pronto para tomar todas as manhãs). Se prepare para ficar desconfortável! Quando você se muda para outro país, é forçado a conhecer novas pessoas, morar em lugares nem tão confortáveis, às vezes trabalhar em lugares em que não trabalharia se estivesse no Brasil e ainda ter que se adaptar à novas comidas e, possivelmente, a um novo clima. Quando me mudei para os EUA, tive que trabalhar debaixo de neve, ser rejeitada pelos meus colegas de classe americanos e ter que procurar um lugar para morar em um país desconhecido. Não tinha como não voltar de lá mais independente.

2. Se você acha que o Brasil é ruim.

O Brasil possui muitos problemas que estamos carecas de saber. Mas nós também vivemos uma onda de pessimismo e desprezo com o próprio país formando a ilusão de que “lá fora” é tudo melhor. Desculpe desapontá-lo, mas em qualquer outro país você vai encontrar defeitos e problemas que podem te afetar até mais do que os problemas do Brasil. E isso não é ruim! É morando lá fora que você vai descobrir as coisas que gosta e não gosta no seu país e que você nem sabia! Vai descobrir que todos os países têm os seus defeitos e que você se importa mais com alguns do que com outros. E isso te ajuda a perceber com o que você realmente se importa na vida e como você quer que ela seja.

3. Se ter uma experiência internacional ou falar outro idioma faz diferença na sua vida.

Geralmente a diferença se faz no âmbito profissional. Eu não teria conseguido mudar tão facilmente a minha carreira de Agrônoma para Marketing se não tivesse morado fora do país. A minha experiência internacional foi fundamental para que eu conseguisse me destacar numa entrevista para vagas que não tinham nada a ver com a minha formação original. E além da profissão, estudos mostram que ter uma experiência dessa faz de você uma pessoa mais feliz e interessante.

4. Sua vida está chata e sem graça.

Morar em outro país não vai resolver sua vida e problemas (pode ter certeza de que eles te perseguirão para onde você for e ainda vai ganhar alguns problemas novos). Mas às vezes a gente só precisa dar um tempo, ver coisas novas, conhecer outras pessoas, passar novos perrengues… Morar fora vai te dar uma nova perspectiva sobre a vida e ainda trazer aquela motivação e energia que você está precisando na sua vida.

5. Se você tem aquela velha opinião formada sobre tudo. 

Você acha que já sabe como o mundo e as coisas funcionam, é cheio de opiniões políticas e sociais sobre outros países mas nunca foi ver o que tem lá do outro lado. Há uma frase bastante inteligente do Mark Twain a respeito: “Viajar é fatal para o preconceito, intolerância e ideias limitadas”.

E é natural que fiquemos limitados e acomodados quando moramos muito tempo no mesmo lugar. Mas quando você se muda para fora do país, desistindo do conforto de casa, você sente liberdade e capacidade para fazer qualquer coisa. Sua vida passa a não ter limites para as ideias e sonhos. E na volta, você pode perceber que o mais importante da viagem não foi o país em que morou, mas a pessoa em que você se transformou.

Um Comentário

  1. Newber Primato

    Gostaria de passar um tempo na Ucrânia, China , Coréia do Sul. Venho fazendo alguns trabalhos de recuperação para dependentes químicos (álcool e drogas), além de aprender um novo idioma e conviver em uma terra onde terei de ver de um jeito diferente a vida e interagir com pessoas que nunca vi. Evoluir como pessoa. Aprender a ser mais humano e alem de me modificar poder fazer parte da qualidade de vida de outras pessoas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*