Onde comer em Havana: os 12 melhores restaurantes e bares

Se você anda perdido, sem saber onde comer em Havana, separei os 12 melhores restaurantes e bares para você provar a culinária cubana. Aproveitei para colocar também um review do que eu achei de cada lugar – porque nem tudo que é famoso é bom, não é mesmo? 🙂

O que você precisa saber sobre comer e beber em Havana

Comer em Havana

  • O prato mais tradicional de Cuba é o Ropa Vieja, uma espécie de carne desfiada que pode ser acompanhada de arroz e feijão. Eu também me apaixonei por acompanhar a Ropa Vieja de uma mandioca cozida com azeite. Tem em quase todos os lugares.
  • É bom manter em mente que as comidas não têm muito tempero.
  • A maioria dos pratos podem ser divididos (se for entre duas mulheres que costumam comer menos que os homens). Qualquer coisa, peça um acompanhamento a mais.
  • Os preços nos restaurantes mais famosos de Havana são mais ou menos os mesmos. Com bebida e dividindo, eu pagava em torno de 10 CUC$.

Beber em Havana

  • As principais bebidas de lá são o mojito e o daiquiri. Tem em tudo que é lugar e custam de 4 a 5 CUC$.
  • A cerveja local é a Bucanero. É bom manter em mente que não costuma vir super gelada.
  • Você já encontra coca-cola em Cuba. Mas eles também têm um refrigerante local que é a Tukola. Até no meu hotel em Havana, era servida no café-da-manhã.
Ropa Vieja e Bucanero, principal comida e bebida de Cuba
Os clássicos da culinária de Cuba!

Gorjeta em Cuba

A taxa de serviço de 10% nem sempre vem incluída na conta, mas é esperado que você deixe para o garçom. Lembre-se que trata-se de respeito à cultura local e que o turismo é a maneira com que os cubanos mais ganham dinheiro no país.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

 

Encontre um hotel em Havana

Restaurantes em Havana

1. Habana 61

Possivelmente o meu preferido de todos e da galera que estava comigo. Ele não tem aquele ambiente cubano que você espera. Está mais para um restaurante moderno. Mas a comida é deliciosa e o atendimento é excelente. Pode pedir ali o tradicional prato Ropa Vieja acompanhado de uma mandioca cozida com azeite que você não vai errar. A conta de um prato dividido + bebida deu em torno de 10 CUC$ (assim como quase todos os outros).

Habana 61, restaurante em Havana, Cuba

 

2. Los Nardos – o superestimado

Taí um restaurante que o povo adora, mas que nós odiamos. Fomos super mal atendidos. O garçom não nos deixava pedir o que queríamos e sim o que era o melhor da casa e ainda era grosseiro. A comida demorou muito tempo para chegar e não era boa. Além disso, o lugar é escuro pra caramba. E se você quiser o melhor prato de Cuba, o Ropa Vieja, esquece porque lá não tem.

Los Nardos, restaurante em Havana, Cuba

 

3. La Guarida – um dos mais famosos de Havana

O La Guarida ficou famoso quando celebridades começaram a frequentar o local. Barack Obama e Madonna já comemoram o aniversário lá. E se tem uma coisa que o La Guarida tem de bom é o terraço. Só vale por ele e se você pedir o prato Ropa Vieja (não me canso de falar dele). Se pedir qualquer outro, pode se arrepender. O frango, por exemplo, estava seco. E a sobremesa também não vale.

Terraço La Guarida, restaurante em Havana, Cuba

 

4. Al Cardion

Um pouquinho mais caro do que os outros restaurantes, o Al Cardion é muito bom e tem o ambiente bem legal, cheio de objetos e decoração vintage. Lá eu pedi um leitão para dividir + limonada de coco + mojito e a conta com 10% de serviço deu 20 CUC$. O restaurante fica bem próximo ao Museu da Revolução. Então você pode se programar para incluir o restaurante na sua visita ao museu.

Al Cardion, restaurante em Havana, Cuba

 

5. Cinco sentidos

Um restaurante bem contemporâneo no meio de Habana Vieja. Lá eu pedi até um prato indiano de frango com curry e estava delícia! Aqui eu acho melhor pedir um prato individual mesmo. A conta vai dar um pouco mais do que dividir, em torno de 15CUC$.

5 Sentidos, restaurante em Havana, Cuba

 

6. Cinco esquinas Trattoria

Este restaurante fica numa rua muito fofa de Havana, toda restaurada e onde as mesinhas podem ficar pra fora do restaurante. Confesso que tive um almoço rapidão por ali, dividindo com uma amiga e pedi um risotto de funghi. Mas estava gostoso. Outras amigas que estiveram lá anteriormente gostaram bastante também.

5 esquinas Trattoria, restaurante em Havana, Cuba

 

7. D’ Next – para snacks

Tá com saudades de uma pizza, de um hambúrguer ou de um cachorro quente? Então pode ir no D’Next. Quebra um super galho quando você quer comer algo gigante mas que não seja um prato. Preços também acessíveis.

D' Next, restaurante em Havana, Cuba
Foto do site alamedacuba.com

 

8. Sorveteria Coppelia – a mais famosa de Havana

A sorveteria Coppelia é a mais famosa em Havana e um ótimo lugar para você notar a segregação do comércio para o público cubano e turistas. Cubanos fazem filas gigantes para comprar o sorvete. Turistas têm uma fila diferente. Ou melhor, para turistas praticamente não há fila. Essa separação acontece porque as moedas são diferentes para locais e turistas. Reza a lenda que o sorvete para cubanos é pior, mas não dá pra saber se é verdade. Se quiser conhecer a sorveteria, ela fica no bairro de Vedado e você precisa pegar um táxi até lá.

Fila Sorveteria Coppelia, em Havana, Cuba

 

Bares e baladas em Havana

9. La Bodeguita del Medio

O bar ficou famoso depois do escritor Hemingway (que morou um tempo em Havana) declarar que ali se encontrava o melhor mojito de Havana. Eu continuo achando o do Hotel Nacional o melhor, mas o La Bodeguita virou parada obrigatória. Não é à toa que o bar vive lotado, mas num clima muito bom, com música e tudo. E o mojito custa 5 CUC$.

La Bodeguita del Medio, bar em Havana, Cuba

 

10. El Floridita

Este foi eleito pelo Hemingway como o melhor daiquiri. É outro bar que funciona o tempo todo com música e clima bom. Além disso, tem ar condicionado e internet disponível.

El Floridita, bar em Havana, Cuba

 

11. Hotel Nacional

O Hotel Nacional foi eleito por mim o melhor mojito de Havana. Apesar de ficar um pouco mais longe da turística Habana Vieja, vale a pena pegar um táxi e ir até lá ao fim da tarde para tomar um mojito no jardim do hotel ao pôr-do-sol. É comum encontrar alguns músicos tocando por lá. E aí você mistura a música cubana (o son) com mojito e com charuto.

12. La Fabrica de Arte Cubano

Meu lugar favorito em Havana! A Fabrica é incrível – uma mistura de museu de arte com balada. É bom chegar cedo, quando abre, às 20h, para não pegar fila. Nessa hora você pode ir andando e conhecendo o lugar (com um drink na mão). Às 22h os shows começam e a casa já está lotada. Vira baladona… com arte. Sério. É incrível! Tem que ir. A Fabrica só abre de quinta a domingo então se programe. Não fica no centro, mas em Habana Vieja. Fica mais distante, próxima a Vedado. O preço justo do táxi pra lá custa 10 CUC$.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Eleito meu lugar favorito em Havana 🖤 Tá difícil definir o que a Fabrica é, mas vou tentar: uma galeria de arte/museu que vira balada ao mesmo tempo. Fiquei igual pinto no lixo vendo tudo azarte cubana com um drink na mão. São vários ambientes chamados de “nave” – um rola show de jazz, o outro DJ, o outro rola outra coisa e assim vc vai se chocando por onde passa desacreditando que esse lugar existe em Cuba. Vários bares, exposições e baladas num lugar só. . Tem que chegar cedo pra não pegar fila e ver tudo ainda vazio, se transformando na loucura que a Fabrica é. São cubanos e turistas do mundo todo curtindo num lugar só. . Se a Fabrica estivesse em São Paulo ou Nova York até dava pra explicar. Mas em Havana?! É só amor ❤ . (tem mais nos stories) #AmandaViajaCuba

Uma publicação compartilhada por Amanda Noventa (@amandanoventa) em

VEJA TODOS OS POSTS DE CUBA

Guia completo de Havana e Varadero

O que fazer em Havana

Curiosidades sobre Cuba

Como planejar a sua viagem para Cuba

Hotéis em Havana

RESOLVA SUA VIAGEM AQUI (com descontos!)

SEGURO VIAGEM
todos com desconto
CHIP DE CELULAR
internet ilimitada
HOTÉIS
hostels, pousadas
AIRBNB
ganhe R$179